Cores na decoração da sua casa

Como usar a cor do ano na decoração da sua casa?

Uma das maneiras mais poderosas de transformar um ambiente — indo além das aparências, mexendo com a atmosfera do lugar e, consequentemente, com a sensibilidade de quem o frequenta — é por meio do uso das cores na decoração. Pouco importa se o emprego se dá em pequenos objetos ou explorando todo o pé direito. Para quem gosta de experimentar tendências e sair da zona de conforto dos neutros, o desafio está em acertar na escolha e combinação dos tons.

Se você se identifica com esse perfil, conheça a cor do ano e confira algumas dicas para renovar seu lar com ousadia e harmonia!

Qual é a cor do ano 2018?

Ultra Violet, também conhecida como roxo, em uma tonalidade próxima ao azul-escuro, é a cor do ano. Quem determina é a Pantone Color Institute, consultoria especializada em aplicar a psicologia das cores dentro de estratégias empresariais.

A partir de estudos sazonais de uma série de tendências, os pesquisadores chegaram ao chamado “púrpura enigmático”, definido como complexo e, ao mesmo tempo, contemplativo.

Segundo os experts do instituto, a PANTONE 18-3838 simboliza a experimentação e o uso de soluções criativas para lidar com os dilemas do dia a dia.

Em um mundo atribulado, a explicação para elegê-la faz referência à sua essência mística e espiritual, a qual busca oferecer um refúgio a quem deseja desacelerar. Por isso, vem sendo empregada amplamente em espaços de meditação.

 

Como usar o tom na decoração?

Para trazer mais Ultra Violet para dentro de casa, a dica é escolher entre os tons das paletas de harmonias criadas pela própria Pantone.

A gama reúne de tonalidades profundas a pastéis, com opções para diversos gostos. Independentemente da(s) que escolher, lembre-se de que o resultado deve servir a um único propósito: tornar o ambiente mais agradável para sua família.

Já que existem diversas maneiras de usar cores na decoração, inspire-se com 5 sugestões de como e onde empregar a cor do ano no lar.

1. Pintura das paredes

Uma das maneiras mais simples e eficazes de transformar um ambiente é por meio da pintura das paredes.

De maneira geral, fachadas podem ter tons mais vivos; já dentro de casa, os suaves têm preferência. Papéis de parede com estampas discretas são outra maneira de deixar os ambientes na cor da moda sem exagerar.

Porém, é perfeitamente possível usar uma tonalidade intensa em áreas internas. Para evitar um visual “pesado”, basta balanceá-la com uma base neutra.

Uma aposta certeira é eleger uma parede de destaque, deixando-a Ultra Violet, e pintar as demais em um tom neutro e claro, escolhido dentro das paletas de harmonias.

A parede escolhida para ser o ponto focal pode ser a oposta à porta principal da residência. Assim, sempre que você, sua família e seus convidados adentrarem o lar, serão imediatamente tomados pela “vibe” do ambiente.

2. Objetos de decoração

Para quem acha arriscado mudar a pintura das paredes, a escolha de alguns objetos de decoração na cor da moda, como vasos, luminárias, molduras de quadros e pôsteres, almofadas e enfeites em geral, previne o risco de enjoar rapidamente.

Em ambientes com pisos e revestimentos neutros, especialmente os acinzentados (como cimentos queimados), itens lilases, roxos e azuis-marinhos fazem bonito.

Para não exagerar, se usar o Ultra Violeta em um ou mais elementos, evite inserir outras peças escuras.

Lembre-se de que um ambiente elegante é obtido por meio do contraponto de alguns pontos de cor com mobiliário e tapeçaria em tonalidades claras e monocromáticas.

3. Móveis de design

Quando presente, um móvel de design dita o restante do décor – graças à personalidade que carrega em suas formas, cores e materiais.

Atualmente, cadeiras, poltronas e banquetas, criadas por designers renomados, estão cada vez mais acessíveis e caíram no gosto dos apreciadores de decoração de interiores.

Vale ressaltar que os mesmos materiais tecnológicos que possibilitaram barateá-las, sem abrir mão da resistência, conforto e ergonomia, também ampliaram a cartela de cores oferecida.

Por isso, se o Ultra Violet conquistou sua preferência, vale a pena pesquisar opções com bom custo-benefício e investir em um móvel de design no tom do ano!

4. Tapeçarias

Em ambientes íntimos, como nos dormitórios, tire proveito dos tons de roxo para estimular a tranquilidade na hora do repouso. Use-o no jogo de lençóis (em uma versão mais clara) e no edredom (mais escura), explorando o ton sur ton (tom sobre tom).

Em ambientes sociais, experimente colocar um tapete ou, até mesmo, um sofá na cor tendência, dando estilo irreverente à sala de casa. A paleta harmoniza na companhia de materiais luxuosos, como veludo e couro.

Outra opção é usá-la nas toalhas de banho e rosto ou no jogo de tapetes dos banheiros.

Para completar, coloque um vasinho com a perfumada e arroxeada lavanda sobre a bancada da pia!

5. Áreas externas

Se a limitação de espaço dentro de casa faz com que a Ultra Violet seja, muitas vezes, restrita a pequenos pontos de cor, nas áreas externas é possível empregá-la em peças maiores.

Em estofados de espreguiçadeiras, dispostas ao redor da piscina, o roxo valoriza o décor ao ar livre. Além disso, combina com as pastilhas em tons de azuis, comumente usadas no revestimento interno da estrutura.

Dentro do espaço gourmet, a sugestão é usá-la em copos, talheres e utensílios. Geralmente de acrílico, as peças têm bom custo-benefício e permitem ser trocadas sempre que enjoar.

Também é possível usá-la em pastilhas ou ladrilhos hidráulicos aplicados nas paredes, atualizando a fachada da pia, próxima à churrasqueira.

Como acertar no esquema de cores?

O esquema de cores nada mais é do que o planejamento das tonalidades que farão parte de um ambiente.

Pensar no todo antes de iniciar o projeto decorativo assegura a harmonia no resultado. Para isso, considera-se da cor das paredes aos pequenos objetos.

Na prática, pode-se partir da estratégia do contraste: se optar por uma base com paredes neutras, coloque cores nos objetos; se optar por uma superfície focal, um móvel de design ou uma tapeçaria marcante, tenha discrição nos itens decorativos.

Assim, para trazer vida nova ao lar, não há nada melhor do que explorar o poder das cores na decoração! Muitas vezes, o efeito é tão transformador que equivale ao de uma reforma, mas a um custo bem inferior.

Quer conhecer outras dicas? Então, continue aprendendo e descubra como aplicar as melhores tendências de design de interiores em cada ambiente da sua casa!

Posts relacionados