6-formas-de-usar-a-tecnologia-em-condominios-fechados

6 formas de usar a tecnologia em condomínios fechados

Quem procura um condomínio fechado para viver certamente está em busca de maior tranquilidade e segurança para si e para a sua família. É muito bom poder contar com alternativas tecnológicas que permitem um controle maior e melhor, para residência e arredores.

Conheça, neste post, algumas das inovações aplicadas na infraestrutura de empreendimentos de alto padrão que fazem a diferença na qualidade de vida.

A importância do investimento em tecnologia nos condomínios fechados

A tecnologia pode ser forte aliada na hora de promover maior segurança e aumento significativo da qualidade de vida, sem, contudo, acarretar maiores gastos de dinheiro e tempo (recursos preciosos e escassos). Aliás, algumas inovações vêm para diminuir o desperdício de tempo e permitir a economia.

Portanto, é preciso aprender a usar a modernidade a seu favor, pesquisando, conhecendo e investindo em novas e inteligentes maneiras de (re)aproveitar recursos ou de implementar pequenas mudanças que tenham grandes e positivos impactos na vida de todos à sua volta.

1. Chaves biométricas para moradores

O momento mais crítico da segurança em condomínios fechados está na entrada e saída de pessoas e automóveis. Portanto, os dois primeiros itens da nossa lista de inovações tecnológicas se concentram nessa área.

Você provavelmente já viu as chaves biométricas sendo utilizadas em filmes, principalmente os futuristas. Mas agora elas estão conquistando o mundo real.

As chaves biométricas usam pequenos scanners que fazem a leitura das impressões digitais, permitindo (ou não) a entrada de pessoas. Elas podem ser usadas não apenas na portaria, mas também na própria residência, garantindo que no seu domínio entre apenas quem você autoriza.

2. Identificação digital de veículos na portaria

Hoje em dia, existem diferentes tecnologias para facilitar e melhorar o serviço da guarita ou portaria. Um deles é o sistema que usa sensores parecidos com os de pedágios: um leitor identifica a “tag” no para-brisa e abre a cancela.

Outra possibilidade é o controle pela identificação da placa do automóvel. Ou, ainda, como já é comum em estacionamentos de prédios e shopping centers, o uso de cartão de proximidade ou senha.

Essa fiscalização, dependendo do nível de segurança do condomínio, pode ser feita em mais de uma etapa, visando garantir um controle ainda mais preciso sobre quem entra onde você mora.

3. Monitoramento remoto da residência

É muito bom poder saber o que está acontecendo na residência e no entorno a qualquer momento. Programas para monitoramento remoto podem ser usados tanto na residência quanto para acesso às câmeras das áreas comuns em condomínios fechados.

Você pode ver seu filho na quadra, acompanhar a casa enquanto está no escritório ou viajando, avaliar a qualidade do serviço de portaria e a segurança durante a noite. E o melhor: é possível fazer isso usando um computador, smartphone ou tablet.

Essa tecnologia também pode ser usada para acender ou apagar luzes, bem como para fins de lazer. Dependendo da solução, é possível usá-la para encher a banheira, ligar ou desligar o ar-condicionado, para chegar em casa com um ambiente prontinho para ser usufruído!

4. Reaproveitamento de água

Todos sabemos a importância da preservação do meio ambiente e de ser sustentável em casa e no condomínio. A água é um recurso precioso e que merece a nossa atenção e cuidado. Hoje em dia, é possível investir em sistemas de reaproveitamento da água da chuva para fazer a limpeza das áreas comuns ou mesmo cuidar da horta e do pomar.

Essas estruturas costumam ser uma boa forma de promover um melhor escoamento da água, já que são criados caminhos rápidos e eficazes das precipitações na cisterna, passando por um filtro que vai remover partículas e impurezas que podem comprometer a potabilidade.

5. Energia solar para abastecer casas e estruturas

Outra forma de promover a sustentabilidade na estrutura de condomínios fechados está no uso de energia solar para abastecer as necessidades das áreas comuns, tanto de eletricidade quanto de aquecimento.

O sol é uma fonte gratuita e inesgotável de combustível limpo (ou seja, que causa pouco ou nenhum dano à natureza para sua fabricação). Basta que exista o investimento com um bom sistema — heliotérmico ou fotovoltaico — e, dessa forma, gerar quantidade suficiente para uso nas casas e estruturas.

Essa pode ser uma solução para ter piscinas aquecidas no condomínio, por exemplo, sem pesar tanto nos custos de manutenção.

 

6. Grupos de comunicação e gestão digital

Administrar uma habitação não é uma tarefa fácil, como você já deve saber. Existem custos com cuidados periódicos da casa, externos e internos. Pintura, jardinagem, poda, elétrica e hidráulica são alguns dos itens que compõem o checklist de qualquer proprietário.

Mas, quem mora em condomínios fechados, possui muitas outras áreas de lazer para aproveitar com a família e os amigos. E conforme o ditado popular “o olho do dono é o que engorda o gado”, é a sua atenção com a gestão do empreendimento como um todo que vai ajudar a garantir a alta qualidade da estrutura e dos serviços continuamente.

Então, que tal usar a tecnologia como aliada para os detalhes que merecem a sua atenção? É cada vez mais comum o uso de aplicativos de trocas de mensagens para grupos de moradores resolverem questões do dia a dia. Neles, é possível reunir dúvidas, críticas e sugestões para promover a melhoria do convívio social entre todos os condôminos, em vez de precisar aguardar as reuniões de condomínio para resolver pendências.

Também é possível usar esses programas para promover uma gestão mais transparente, com o envio de documentos, sem a necessidade de ficar pedindo para o síndico (ou imprimir a papelada, gastando material sem necessidade). Isso facilita o contato e diminui o estresse com resultado das contas ou o descontrole na administração.

Portanto, seja exigente na hora de escolher onde será a sua nova residência, dando preferência sempre àqueles que pesquisam e usam a tecnologia em prol de condomínios fechados cada vez mais seguros, sustentáveis e confortáveis. A Laredo Urbanizadora vem há anos investindo em soluções tendo em vista o bem-estar da sua família.

Ficou curioso para saber o que podemos fazer por você? Entre em contato agora mesmo e conheça nossos empreendimentos!

Posts relacionados