Casa e Construção

Cozinha aberta ou fechada? Veja como escolher a sua

Escrito por em 21/11/2021
Cozinha aberta ou fechada? Veja como escolher a sua
Junte-se a mais de 10.542 pessoas

Receba os melhores conteúdos para quem quer construir a casa dos sonhos.

O imóvel em que vivemos deve refletir não apenas as nossas preferências em termos de design e decoração, mas também as escolhas que fazemos no dia a dia, bem como o estilo de vida que nossa família escolheu levar. Por isso, escolher entre cozinha aberta ou fechada pode ser uma etapa muito importante.

São duas alternativas bastante diferentes, que podem oferecer benefícios interessantes, mas que também contam com algumas desvantagens, dependendo das suas preferências alimentares ou dos hábitos que as outras pessoas que moram com você possuem. Quer descobrir como fazer isso? Então, continue lendo o conteúdo a seguir!

Cozinha aberta

A cozinha aberta é uma das grandes tendências do setor imobiliário dos dias de hoje, especialmente em apartamentos nos grandes centros urbanos. Isso ocorre porque, como os imóveis estão cada vez menores e mais dinâmicos, a integração com outros cômodos, em especial com a sala de jantar, confere uma ótima sensação de amplitude.

Além disso, é uma opção para quem gosta de convivência e integração, pois o fogão, a geladeira e demais itens ficarão completamente à vista de todos os residentes e convidados. Como ponto negativo, pode haver uma maior propagação dos odores ao preparar alimentos, sobretudo para quem gosta muito de carnes e frituras.

Cozinha fechada

A cozinha fechada era a escolha mais comum nos projetos antigos, sendo bastante presente em imóveis tradicionais. Ela se caracteriza por ser complemente separada de outros cômodos, fazendo sua integração por meio de uma porta ou corredor. O isolamento do restante da propriedade permite que os cheiros não se propaguem com tanta facilidade.

Outro ponto positivo é que a arrumação fica mais fácil, devido às paredes adicionais que ali estão, que podem ser decoradas com mais armários e prateleiras, por exemplo. Já os principais contras estão relacionados com o maior espaço ocupado e a maior dificuldade na interação com os convidados ou os outros residentes durante a preparação de refeições.

Como escolher a sua

Escolher entre uma cozinha aberta ou fechada deve ir além de decidir se você quer tirar uma parede ou não. É preciso considerar o seu estilo de vida, se você tem tempo, se gosta de preparar pratos mais trabalhosos e como organiza a vida em família. Com tudo isso, você conseguirá tomar uma decisão mais embasada.

Para os que apostam na praticidade e na funcionalidade, não tem jeito: o conceito amplo é o caminho mais recomendado e que pode favorecer um melhor aproveitamento da metragem disponível na propriedade. Já para os grandes cozinheiros ou mais tradicionalistas, a divisão com a sala e outros cômodos pode ser imprescindível.

Agora você já sabe como escolher entre uma cozinha aberta ou fechada. São duas opções interessantes, mas que contam com vantagens e desvantagens importantes. Considere suas próprias características e entenda as demandas da sua família na hora de tomar a sua decisão!

Gostou de aprender como escolher entre uma cozinha aberta ou fechada? Quer conferir mais conteúdos como este em primeira mão? Então, não deixe de curtir a nossa página no Facebook!