condomínio fechado e loteamento

Entenda as diferenças entre condomínio fechado e loteamento aberto

Com as boas perspectivas que o setor imobiliário vem apresentando para os próximos meses e a recuperação que a economia brasileira vem demonstrando, muitos estão pensando em investir novamente em imóveis. Diante dessa realidade, conhecer as diferenças entre condomínio fechado e loteamento aberto pode ser muito interessante.

Essas opções estão em alta no mercado e têm como uma de suas características principais, um melhor atendimento às demandas, anseios e necessidades dos moradores dos dias de hoje, que possuem expectativas bastante específicas.

Confira o conteúdo a seguir e aprenda um pouco mais sobre esse tema.

A segurança e os centros urbanos

Com o passar do tempo, as pessoas foram migrando para os centros urbanos. Esse foi um movimento natural nas últimas décadas em todo o planeta, inclusive no Brasil.

Com essa nova realidade, vieram também necessidades diferentes, que foram surgindo em função das próprias características de cidades mais populosas.

Definitivamente, uma das demandas mais importantes é a segurança, visto que, infelizmente, muitos municípios vêm enfrentando problemas para controlar seus índices de criminalidade.

O mercado imobiliário, logicamente, buscou atender a esse público e foi nesse contexto que condomínios fechados e loteamentos se tornaram tão populares.

Características de um condomínio fechado

O condomínio fechado é um empreendimento bastante interessante e, muitas vezes, é o sonho de consumo em termos de imóveis residenciais para muitas pessoas. Nesse caso, o proprietário adquire um terreno específico ou mesmo uma casa pronta, mas ele também acaba sendo parcialmente dono de outros espaços.

Ainda que as áreas comuns sejam de uso coletivo e geridas pela administração ou pelo síndico, elas também são propriedade dos moradores e qualquer melhoria ou alteração precisa ser aprovada pela maioria, em assembleia geral. Fazem parte dessa situação piscinas, saunas, quadras, campos e até as ruas do local.

Características de um loteamento

Os loteamentos também estão em alta no mercado imobiliário e trata-se de um tipo de empreendimento residencial que, embora guarde similaridades com os condomínios fechados, também possui algumas diferenças importantes. Ao adquirir um loteamento, os compradores possuem apenas o terreno autônomo após a aquisição.

As áreas comuns e os espaços internos, por outro lado, continuam sendo públicas e ficam sob a administração da prefeitura local. Qualquer melhoria, obra complementar ou alteração deve ser solicitada e realizada exclusivamente pelo poder público, de acordo com as suas normas e a legislação vigente.

 

Diferenças entre condomínio fechado e loteamento

Legislação específica

Condomínios fechados e loteamentos possuem diferenças importantes em termos de legislação, pois cada empreendimento tem as suas leis específicas. O loteamento, por exemplo, é classificado como uma gleba de lotes edificáveis, na qual as vias permanecem públicas e completamente abertas.

Já o condomínio fechado, tendo finalidade residencial ou não, é uma área particular, na qual a manutenção e a administração das vias internas deve ficar sob responsabilidade dos moradores e da assembleia, permitindo que sejam feitas alterações ou adequações de acordo com as necessidades privadas.

Áreas privativas e comuns

Quando um cidadão compra um terreno em um condomínio fechado, ele também está adquirindo uma fração ideal da área, além do seu local de uso privativo, no caso o imóvel em si. Além disso, é permitido que haja controle de acesso, ou seja, só podem entrar no espaço interno as pessoas autorizadas pelos moradores ou administração.

No caso dos loteamentos, os projetos são diferentes e os habitantes só possuem direito exclusivo sobre o seu próprio lote, uma vez que a aprovação da prefeitura inclui sistema viário, cujo acesso é livre à população. Pode até ocorrer um controle de circulação para quem não reside no lugar, entrando mediante apresentação de documentos.

Administração do local

Os loteamentos, após a sua aprovação, também podem criar a sua própria associação, com a qual as prefeituras poderão assinar um contrato de comodato e fornecer a autorização para a instalação de uma portaria de controle de acesso. Dessa maneira, a responsabilidade pela manutenção do sistema viário passa aos associados.

Já no caso do condomínio fechado, existe uma obrigatoriedade de pagamento da taxa condominial, para a manutenção do espaço interno. Moradores inadimplentes estarão sujeitos a várias penalidades, que incluem, inclusive, a possível perda do seu patrimônio para a quitação dos débitos, via execução judicial.

Critérios para a escolha entre as duas opções

Avalie a segurança do local

Como dissemos, uma das grandes demandas dos moradores dos centros urbanos nos dias de hoje é a segurança, especialmente para quem tem filhos em idade escolar.

No entanto, esse é um aspecto que merece atenção, mas que costuma ser contemplado pelas duas opções, visto que elas costumam ser mais vigilantes do que imóveis comuns.

Tanto os condomínios fechados quanto os loteamentos são áreas com mais controle, não apenas no acesso de estranhos, mas até mesmo sobre quem vive por lá, visto que não existirão terrenos indevidamente ocupados.

Além disso, a proximidade com vizinhos costuma ajudar a evitar que ocorram problemas no interior desses empreendimentos.

Considere o seu orçamento

Não é muito aconselhável comprar nada no mercado imobiliário ou até mesmo em outros segmentos sem fazer uma boa análise do seu orçamento, não é mesmo?

Sendo assim, avalie quanto você tem disponível para essa aquisição e verifique as alternativas. Loteamentos, por exemplo, podem unir preços atraentes com alta qualidade de vida.  

Analise a privacidade oferecida

A questão da privacidade também é muito valorizada por algumas pessoas e merece uma atenção especial quando você estiver pensando em um condomínio fechado ou loteamento aberto.

Faça uma visita ao local e veja se existe uma separação adequada entre as propriedades, se as área comuns são amplas e assim por diante.

Agora que você já aprendeu sobre as diferenças entre um condomínio fechado ou loteamento aberto, não abra mão de escolher uma urbanizadora de confiança e reconhecida no mercado, que possa oferecer empreendimentos residenciais de alto padrão e que visem uma melhor qualidade de vida aos clientes.

Gostou de aprender sobre a aquisição de um condomínio fechado e loteamento aberto? Quer conhecer uma urbanizadora que ofereça exatamente o que você espera para viver bem? Então não perca mais tempo e entre em contato com a nossa empresa!

Posts relacionados