O que avaliar para escolher uma urbanizadora

Afinal, o que avaliar para escolher uma urbanizadora?

Sua casa e seu bairro não comportam mais a atual configuração da sua família, com filhos, pets e seu próprio anseio de ter mais tranquilidade ao chegar em casa após um dia estressante?

Imagine se você conseguisse fazer um projeto todo personalizado da sua casa, de acordo com as suas necessidades, além de garantir melhor qualidade de vida para sua família? 

É por causa dessas questões que a compra de lotes em áreas de expansão urbana cresce em escala exponencial. Mas o que avaliar em uma urbanizadora?

Mudar-se para um local altamente integrado com a natureza, mas, ao mesmo tempo, próximo a um grande centro urbano, é espetacular; entretanto, a escolha desse refúgio mágico para quem você mais ama (onde as crianças podem brincar e aproveitar o espaço e a natureza, deixando de lado tablets/celulares), deve ser definida após uma boa pesquisa sobre a loteadora que vai materializar seu sonho.

Se você estuda a compra de um lote para residir ou investir, as próximas linhas vão orientá-lo sobre o que avaliar em uma urbanizadora e como escolher o melhor projeto para você! Confira!

Maui Residence

Conheça o histórico da loteadora

Não é incomum saber de casos de pessoas físicas que compram terrenos e tentam construir casas por sua própria conta. Com valores abaixo do mercado, essas iniciativas clandestinas ou sem know-how adequado acabam atraindo muitos clientes, ansiosos por darem melhor qualidade de vida à família, garantirem o maior contato dos filhos com a natureza ou mesmo terem um imóvel para investir (com olhos voltados ao desenvolvimento da região).

O resultado dessa aventura, no entanto, costuma se transformar em longas ações judiciais por abandono das obras, atraso nas entregas, conclusões repletas de vícios e desalinhamento entre projeto e realidade. Para fugir de todas essas dores de cabeça, é imprescindível que seja feita uma pesquisa aprofundada da loteadora.

Mas o que avaliar em uma urbanizadora? O primeiro passo é pesquisar o CNPJ da empresa nos sites dos tribunais de justiça e em bancos de dados de órgãos de defesa do consumidor, a fim de verificar se outras pessoas já tiveram problemas com o cumprimento de contratos.

Você pode também buscar clientes atuais da loteadora em redes sociais e pedir por depoimentos sobre as experiências deles com a empresa. Visite obras já prontas e ainda em andamento, investigando também se o cronograma dos empreendimentos costuma ser seguido.

Consulte a documentação que autoriza a obra

Uma dica extremamente importante para quem ainda tem dúvidas sobre o que avaliar em uma urbanizadora é exigir da empresa os dados do loteamento no Cartório de Registro de Imóveis (como a matrícula-mãe), conferindo posteriormente no órgão notarial a veracidade dos mesmos. Em visita ao cartório, você pode aproveitar para pedir a certidão de propriedade em que consta a negativa de ônus e alienações em relação ao terreno.

Mas sua missão não acaba aqui. Solicite junto à prefeitura a Certidão Negativa de Débitos Municipais e o carnê do IPTU, no intuito de ter acesso a dados específicos, como a metragem do terreno e o valor venal. Órgãos de proteção ambiental também podem ser consultados para saber se houve a necessidade de obter licenças especiais.

 

Pesquise sobre o entorno do loteamento

Uma vez que você já tenha a consciência de que está lidando com uma empresa regular, idônea e com experiência nesse tipo de empreendimento, é hora de analisar o projeto e entender se ele, de fato, atende suas necessidades e a de seus familiares.

A região ainda tem pouca infraestrutura? Quem será responsável por realizar obras de asfaltamento, colocação de postes de luz e desenvolvimento do sistema de esgoto (apenas para mencionarmos alguns exemplos)? Todo esse entorno estará pronto quando as obras forem entregues? Há algum documento em que esses compromissos sejam citados claramente?

Há ainda questões adicionais que você deve estimar antes de firmar contrato. O loteamento será construído dentro de uma área com possibilidade de crescimento e valorização (isso inclui a chegada de hospitais, creches, escolas, bancos e outros loteamentos)? E o que dizer da segurança da vizinhança? O projeto prevê a instalação de câmeras dentro e fora do perímetro, contratação de empresas de vigilância, acesso via biometria etc.?

Estude as características do lote

Além da simples demarcação dos lotes e da pesquisa do entorno da obra, que são tópicos mais genéricos, questões específicas do terreno a ser adquirido também devem ser estudadas ao listar o que avaliar em uma urbanizadora.

Por exemplo, terrenos em declive costumam ser mais baratos, mas é preciso lembrar que essa topografia exige movimentação de terra, drenagens, investimento em estruturas de contenção e outras obras que, ao final, vão certamente encarecer o custo da construção.

Outro ponto relevante é a face onde será possível construir salas e dormitórios. No Brasil, a face norte e a que recebe maior incidência solar, o que faz com que terrenos voltados para essa direção sejam mais valorizados. Essa variável é importante tanto para tornar sua futura moradia mais agradável quanto para analisar a viabilidade financeira da compra para investimento.

Ainda dentro desse tema, especialistas recomendam que dormitórios, bem como áreas externas (como hall, locais de instalação de churrasqueiras e piscinas) sejam construídos voltados para o nascer do sol. Verifique se seu terreno oferece essas possibilidades.

Perceba que a qualidade do lote que é comercializado também é um fator de avaliação na hora de escolher a urbanizadora ideal para seus interesses.

Verifique quem realizará o financiamento do terreno

Loteamentos irregulares são construídos sem que a loteadora se preocupe com a solidez da fonte financiadora, detalhe que explica a imensa quantidade de obras embargadas pelo país.

Em alguns casos, os empreendimentos são financiados pela própria urbanizadora. Entretanto, a maioria dos projetos, especialmente os de grande porte, são viabilizados por meio de parcerias com financiadoras. Nessas situações, é preciso pesquisar também sobre a saúde financeira dessas empresas.

Seja avaliando o terreno, a documentação, a empresa ou seus parceiros, perceba que uma boa pesquisa é o ponto-chave na escolha de um loteamento de alta qualidade.

Agora que você entende o que avaliar em uma urbanizadora, baixe nosso guia completo para acertar na escolha e na compra de um lote e descubra detalhes ainda mais sutis a serem observados no processo de aquisição imobiliária! Sucesso e até a próxima!

Posts relacionados