retorno sobre investimento imobiliário

Aprenda a calcular o retorno sobre investimento imobiliário!

O investimento imobiliário sempre foi uma excelente saída para pessoas que desejam fazer com que esse capital renda no futuro. A partir do momento em que o mercado financeiro está em baixa, há uma queda na procura por investimentos mais agressivos, como fundos de ações. Em contrapartida, há um aumento na busca por imóveis, que pode trazer um retorno sobre investimento imobiliário muito satisfatório.

No entanto, caso você opte por esse tipo de investimento, tão importante quanto fazer essa escolha, é saber calcular o retorno sobre investimento imobiliário. Quem compra um apartamento, lote, casa de praia ou similares, é porque enxerga uma maneira de multiplicar o seu dinheiro. Seja apostando na valorização, seja alugando, é necessário entender e analisar uma série de variáveis para garantir que esse retorno virá. 

Pensando nisso, elaboramos este post para que você entenda sobre o retorno deste investimento. Boa leitura!

 

O que é o capital inicial em um investimento imobiliário?

Inicialmente, quando você adquire o imóvel, é preciso colocar no papel todos os gastos iniciais da compra. Existem despesas extras, como reformas necessárias, colocação de pisos, instalação de armários, decoração, entre outras. Também deve-se levar em consideração os valores gastos com taxas e, nos casos de financiamento, devem ser incluídos os valores acrescidos aos títulos de juros bancários. Toda essa soma forma o capital inicial do investimento. 

A partir daí, o valor deve ser dividido pelo lucro líquido oferecido pelo imóvel, que será tanto do aluguel quanto da futura venda. 

 

Quais as maneiras de investir o dinheiro em imóveis? 

Quem adquire imóvel, deve conhecer as formas com que esse retorno virá. Acompanhe! 

Prazo e valorização em casos de vendas

Ao ter em mente todos os gastos iniciais, é preciso que você entenda sobre o prazo de retorno do investimento, além de saber sobre a perspectiva de valorização. As pessoas que pensam em adquirir um imóvel como uma forma de investimento, devem compreender que, por via de regra, o retorno financeiro acontece em longo prazo. Afinal, a valorização rápida nunca foi uma característica deste mercado.  

Sendo assim, é importante entender que a apuração financeira acontece ao longo do tempo, como um resultado da combinação de diversos fatores — nível de oferta de um tipo de imóvel específico em determinada região, conservação do imóvel etc. 

No entanto, como a demanda por imóveis na área urbana é crescente, a possibilidade de valorização é real e satisfatória, desde que o investidor saiba que deve aguardar o tempo necessário para vender em um período mais adiante, caso essa seja a sua intenção. 

Locação, um retorno sobre investimento mais rápido

Como dito, o retorno financeiro pode surgir caso você opte por uma futura venda do imóvel. No entanto, o recebimento de aluguéis é uma alternativa que pode garantir um retorno mais rápido. Além disso, o investidor que paga pelo aluguel de uma casa também pode dispensá-lo, utilizando o seu investimento para uso próprio, garantindo uma economia mensal. 

Para calcular o retorno sobre o investimento imobiliário na locação, caso você conte com os serviços de uma imobiliária, é necessário saber o valor da taxa de administração cobrada por ela, que gira em torno de 8% a 10% do valor (incluindo IPTU, aluguel e condomínio, se houver). Algumas empresas ainda chegam a cobrar 10% referentes ao seguro do imóvel, além da garantia de pagamento do aluguel mensalmente. 

A conta

Entendendo todos esses pontos, é preciso dividir o valor do aluguel pelo valor de compra do imóvel, já descontando as taxas de administração. Vamos dar um exemplo para que você entenda melhor: caso o imóvel tenha custado R$ 250 mil e você resolva alugá-lo por R$ 2 mil, sendo o valor líquido de R$ 1800, o retorno financeiro mensal será de 0.72% ao mês. 

Quais são as vantagens de se investir em imóveis?

O investimento em imóveis traz algumas vantagens significativas. A seguir, explicamos cinco das principais. Leia mais!

Segurança

Vista como uma maneira de diferenciar os investimentos, a compra de imóveis ainda oferece como retorno a segurança que é oferecida ao dinheiro que se investe. Afinal, um apartamento, uma casa de praia ou um lote podem ser incorporados ao patrimônio ou investidos e transformados em dinheiro ou até mesmo ser ocupados, caso essa seja a necessidade. 

É muito mais diferenciado e seguro do que o mercado financeiro, por exemplo, que pode oscilar e que depende de orientações que, na maioria das vezes, estão distantes da nossa realidade. 

Reserva e aposentadoria

Devido a essa segurança, o imóvel constitui uma reserva de dinheiro muito sólida que pode ser utilizada em qualquer época da vida. Ao mesmo tempo, a rentabilidade do imóvel adquirido para locação pode servir como uma espécie de previdência privada, capaz de oferecer tranquilidade ao investidor quando chegar a hora de se aposentar. 

Liberdade quanto ao aluguel

Como dito, há investidores que preferem comprar um imóvel para não mais depender de pagar o aluguel mensalmente. Essas pessoas se vêem obrigadas a gastar, todos os meses, uma quantia que jamais vai retornar para o próprio bolso.

Além da vantagem financeira já mencionada, ter o seu próprio imóvel permite obras de melhorias para que fique ao agrado do morador, sem a necessidade de autorização do proprietário e com a certeza de que o investimento trará ganhos ao seu dia a dia. 

Aumento da disciplina financeira 

Para quem investe em imóveis, há duas situações favoráveis à disciplina financeira. Primeiro, a pessoa precisa se disciplinar com o objetivo de obter recursos necessários para o investimento. Logo em seguida, ela também deve ter disciplina para reinvestir, de maneira adequada, para aplicar os rendimentos com os aluguéis. 

Facilidades de pagamento

Consórcios imobiliários e financiamentos permitem que mesmo as pessoas que tenham somente parte do dinheiro para comprar um imóvel possam investir nesse mercado. E, com a disciplina citada, a rentabilidade gerada pode ser suficiente para pagar esse valor financiado. Eventualmente, sendo até superior, permitindo mais investimentos, seja no ramo imobiliário, seja em outros setores. 

Ao ler este artigo, você pôde perceber a importância de calcular o retorno sobre investimento imobiliário, além de entender como esse dinheiro investido pode render, e de conhecer um pouco mais sobre as vantagens de se investir nesse setor. A partir da análise, é possível compreender se a lucratividade está de acordo com o esperado pelo investidor. 

Caso tenha gostado deste conteúdo e deseja receber mais dicas e novidades como essa, assine nossa newsletter e receba nossos textos diretamente em sua caixa de entrada! 

Posts relacionados