visão da orla de aracaju

Conheça as belezas das orlas e dos calçadões de Sergipe

O estado do Sergipe, na região nordeste do País, é uma pequena joia a ser descoberta. E essa agradável busca começa pela orla de Aracaju, uma das mais belas do Brasil, e das cidades vizinhas, que se localizam ao longo da chamada Linha Verde.

A capital sergipana conta com 35 quilômetros de extensão em orla. Na área urbana, a praia de Atalaia oferece calçadão para caminhadas e quadras para a prática de esporte; no litoral Sul, a estrela é a praia do Saco, conhecida pela tranquilidade e pelos encantos naturais; além de Refúgio, repleta de excelentes clubes; e de Mosqueiro, de onde partem passeios de barco. Ao Norte, fica a praia de Pirambu, santuário de tartarugas marinhas, sendo uma das sedes do projeto Tamar.

Veja quais são as atrações de cada uma dessas regiões e como aproveitá-las da melhor maneira. 

 

1. Atalaia

Na área urbana da orla de Aracaju, umas das praias mais conhecidas é a do Atalaia, que tem seis quilômetros de extensão e um famoso calçadão. É uma praia tranquila, com ótima infraestrutura de bons hotéis, restaurantes, baladas, bares e quiosques. A praia do Atalaia fica localizada a apenas dez minutos, de carro, do Aeroporto Internacional Santa Maria.

A praia, de águas mornas, possui áreas de lazer para adultos e crianças, com espaços para práticas esportivas de quadra, pista de patinação e ciclismo. Ao longe, o mar parece agitado demais e a água escura. No entanto, ao se chegar mais perto, se descobre que a cor da água é devido ao movimento das ondas, que levanta a areia fina no fundo, tornando-a um pouco turva. Outro destaque é a larga faixa de areia, que é muito tranquila para o banho, inclusive para as crianças.

2. Bairro Industrial

A ‘orlinha’ do Bairro Industrial, na zona norte de capital sergipana, atrai muitos turistas. De lá, se tem uma bela vista da ponte Construtor João Alves. Quando o sol se põe, a ponte recebe uma iluminação que, por si só, constitui uma atração para quem vai ao local. No espaço, onde é possível curtir a brisa às margens do rio Sergipe, não faltam restaurantes, bares e píeres muito agradáveis.

O espaço é equipado com ciclovias, parquinhos infantis e centro de artesanato, além das variadas opções gastronômicas. Nas redondezas é possível, também, visitar os mercados centrais e mergulhar na cultura popular do Sergipe: literatura de cordel, repentistas, artesanato e gastronomia, especialmente doces.

3. Calçadão da 13 de Julho e Praia Formosa

Uma das maiores atrações da orla de Aracaju é o calçadão da Avenida 13 de Julho. O espaço tem 20 mil metros quadrados e é repleto de diversos equipamentos voltados para o lazer dos frequentadores, tornando-o o mais novo cartão postal da capital de Sergipe.

Com cinco quilômetros de extensão, o calçadão é um dos preferidos pela população da capital para praticar esportes, especialmente na pista de cooper do local. Conta também com parque infantil, quadra de esportes, ciclovia, quiosques, posto de saúde, posto policial e o famoso mirante, que foi inaugurado em 1998.

Uma das atrações da região,o mirante da 13 de Julho é ponto privilegiado para observar o encontro do rio Sergipe com o mar, em um dos mais belos espetáculos naturais de toda a região. 

Mais recentemente foi inaugurado o calçadão da praia Formosa, que funciona como uma espécie de continuação do badalado calçadão da avenida 13 de Julho. Nele, existem atrações como o espelho e túnel d’água. Também se destaca o jardim vertical, além de equipamentos para exercícios físicos, balanços e espaço para quem quiser pendurar a sua própria rede. Para parar e conversar, os frequentadores normalmente escolhem o espaço de convivência, onde é possível, durante o dia, fugir do sol. 

4. Pôr do Sol

A orla do Pôr do Sol fica em frente ao rio Vaza Barris, que nasce na Bahia e deságua em Sergipe, perto do povoado de Mosqueiro. Esse rio, com 450 quilômetros de extensão, é considerado um marco na história brasileira, visto que a Guerra de Canudos, um dos mais importantes conflitos do país, no qual se destacou a figura do beato Antônio Conselheiro, no final do século XIX, aconteceu às margens dele, em pleno sertão baiano.

O local é conhecido por ser um dos melhores lugares para fazer as fotos mais bonitas de Aracaju, com o sol descendo entre nuvens, em meio às serras próximas.  A Prefeitura de Aracaju investiu no turismo do local, criando um deck de madeira e reformando a praça de Mosqueiro, com destaque para o monumento na entrada da orla.

Ali também funciona o ponto de embarque para os passeios em direção à Croa do Goré e à ilha dos Namorados, em barcos ou lanchas. Além desses passeios, há pedalinhos que podem ser alugados e pranchas de stand up paddle

Pela beleza e tradição do local, a Prefeitura da cidade criou o projeto Pôr do Sol, que envolve a comunidade de Mosqueiro, que participa de atividades turísticas, valorizando a cultura local.

5. Litoral Sul: Caueira

Saindo de Aracaju, em direção do litoral sul, há uma grande quantidade de prais, como a de Aruana, a do Saco e  dos Náufragos. No entanto, a praia de Carueira, localizada a cerca de 30 quilômetros da capital, é a única que, de fato, possui uma orla. 

Conhecida pelas suas águas mornas e azuis, ela é formada por uma faixa de areia batida e uma orla confortável, revitalizada para atender moradores, visitantes e turistas. Nas redondezas, existe um grande número de pousadas, bares, lanchonetes e restaurantes, que oferecem o melhor da gastronomia local. 

Neste texto, mostramos as belezas da orla de Aracaju. Caso você visite o estado de Sergipe, não pode deixar de considerar esses locais mencionados em seu roteiro: afinal, são um dos mais famosos da região, além de contar com paisagens incríveis. Na capital sergipana, pode-se encontrar vários condomínios sob medida para quem quer aproveitar os encantos da cidade, vários deles assinados pela Laredo Urbanizadora.  

Se quiser saber outras informações sobre nossos empreendimentos, nos sigam nas redes sociais. Estamos no Instagram, Facebook, Linkedin e Twitter.

Posts relacionados