Condomínio Horizontais

Confira o passo a passo ideal para comprar casa própria!

Silmara Coutinho
Escrito por Silmara Coutinho em 18/11/2021
Confira o passo a passo ideal para comprar casa própria!
Junte-se a mais de 10.542 pessoas

Receba os melhores conteúdos para quem quer construir a casa dos sonhos.

A aquisição de um imóvel é um dos projetos mais comuns na vida de qualquer pessoa, uma vez que, ao se tornar proprietário, você gera patrimônio, traz mais segurança para a sua família e não precisa mais gastar dinheiro todos os meses com aluguel. Pensando nisso, preparamos este pequeno roteiro com o passo a passo ideal para comprar casa própria.

Apostar na organização e no planejamento prévio é indispensável para conseguir fazer esse tipo de compra, até mesmo para que você não saia do seu orçamento e consiga um lugar que atenda às suas demandas, expectativas e necessidades. Continue lendo o post e descubra como fazer isso!

Avalie muito bem a localização

O primeiro passo para comprar a casa própria deve ser a realização de uma avaliação muito estratégica da localização. Muitos especialistas consideram esse como o item mais importante de um imóvel e isso é fácil de ser percebido, uma vez que mesmo unidades muito similares possuem valores muito distintos dependendo do bairro e até da rua.

Sendo assim, você não pode deixar de considerar alguns fatores, como a distância para o seu trabalho e para a escola das crianças, por exemplo. Lembre-se de que você e sua família podem passar um tempo valioso no trânsito, dependendo do local. Porém, alguns minutos a mais podem valer a pena em caso de condomínios novos e modernos.

Veja a credibilidade da construtora

Optar pela aquisição de uma unidade na obra é uma das grandes tendências do mercado imobiliário atual, uma vez que ela costuma sair mais em conta e ainda pode atender melhor às demandas e expectativas dos moradores atuais. Sendo assim, é muito importante que você verifique a credibilidade da construtora ou urbanizadora.

Felizmente, a modernidade tornou essa tarefa muito mais simples e você não precisa, necessariamente, conhecer ou ser amigo de algum cliente antigo da empresa. Basta usar a internet e observar as avaliações e comentários, principalmente sobre a qualidade dos materiais, atrasos na obra, demora no atendimento e assim por diante.

Observe o cronograma da obra

Ao comprar um imóvel na planta, é natural que a empresa em questão apresente um cronograma da obra. Ele serve não apenas para que você saiba qual é a data da entrega das chaves, mas também o que esperar de cada etapa e de que maneira você pode fiscalizar o andamento geral, observando o passo a passo.

Vale lembrar que isso tem até mesmo valor jurídico, uma vez que, com o cronograma em mãos, você pode, legalmente, alegar eventuais descumprimentos contratuais e até mesmo cobrar as devidas providências. Caso não seja atendido, há até a possibilidade de rescindir o contrato, sobretudo em caso de atraso na execução das fases.

Verifique o memorial descritivo

Você já ouviu falar sobre memorial descritivo? Esse é um documento público e obrigatório para os projetos de construção civil, de acordo com a legislação brasileira. Por lei, portanto, ele deve ser elaborado e divulgado antes do lançamento do empreendimento em questão, determinando e descrevendo o projeto de forma detalhada.

Nele estarão inclusos todos os setores da obra e os seus pormenores, e também os materiais que serão usados. Com isso, por ser bastante completo, você também pode cobrar o cumprimento dos itens, como a utilização de uma determinada torneira, o estilo de madeira, de um piso, o tipo de janela e assim por diante.

Analise as formas de pagamento

Não dá para falar do passo a passo ideal para comprar casa própria sem falar das formas de pagamento, não é mesmo? Como o nosso mercado imobiliário é muito valorizado, a grande maioria das pessoas não tem dinheiro para pagar um imóvel à vista, o que reforça que precisamos analisar os financiamentos, empréstimos e demais condições.

Uma alternativa que vem chamando a atenção do segmento é a de financiar direto com as construtoras e urbanizadoras. Isso é interessante, pois além de adquirir uma unidade em construção, que pode ser adaptada ao seu gosto, as empresas tendem a ser mais flexíveis, oferecendo benefícios e exigindo menos burocracia.

Cheque toda a documentação

É bem possível que você já tenha ouvido falar ou até mesmo tenha passado por problemas com questões de documentação no setor imobiliário. Até pela grande valorização do segmento e pela própria dinâmica de transações do Brasil, um país incrivelmente burocrático, são muitos detalhes e há uma grande papelada que precisa ser analisada.

Antes de fechar negócio, você deve ter bastante atenção e, se for o caso, até pedir ajuda especializada, para conferir o nome do antigo proprietário, se existem contas em atraso ou mesmo algum impedimento judicial. Já se você optar por comprar direto com uma incorporadora, isso não ocorre, pois a documentação já vem pronta.

Encontre uma estrutura adequada

Nos últimos anos, muitas pessoas estão em busca de um pouco mais de qualidade de vida e desejam morar em um local que proporcione tranquilidade e locais exclusivos, destinados para que os moradores possam relaxar. O lado bom dessa conjuntura é que a própria construção civil e seus novos empreendimentos vêm se adaptando a essa demanda.

Os condomínios fechados mais modernos costumam oferecer diferenciais importantes, sobretudo nas áreas comuns. Nos dias de hoje, não é difícil achar unidades que disponibilizem piscinas internas, quadras poliesportivas, academias de ginástica, espaços gourmet, jardins, pistas de corrida, entre outros.

Cuidado ao assinar o contrato

Por fim, mesmo que você tenha seguido todo esse passo a passo e finalmente decidiu pela compra da tão sonhada casa própria, é necessário tomar cuidado antes de assinar o contrato. Até mesmo pela questão da documentação, que falamos anteriormente, o ideal é ser assessorado por algum especialista da área.

Para não ter problemas com eventuais pendências do ex-proprietário, tanto nas questões documentais quanto no pagamento das taxas da propriedade, mais uma vez, comprar direto com uma empresa do ramo pode ser a melhor opção. Com tudo novo e sem donos antigos, você tem uma documentação cristalina e sem pendências.

Esse é o passo a passo ideal para comprar casa própria. Seguindo nossas dicas, você tem mais segurança e menor risco na tomada de decisões!

Gostou de aprender sobre esse assunto? Então não deixe de assinar, inteiramente grátis, a nossa newsletter!