plantas para a área externa

9 dicas de plantas para a área externa e os cuidados necessários

O lado de fora da casa merece o mesmo cuidado na decoração dedicada ao interior do ambiente. E nada melhor do que plantas para a área externa para dar aquele charme especial e proporcionar bem-estar aos moradores.

Ter uma área verde em casa traz aconchego e beleza. Mas, para criar um jardim é bom pensar em tipos de vegetação que são mais resistentes e propícias para ambientes abertos. É importante que as plantas sejam fortes para enfrentar condições climáticas distintas.

Para ajudar nessa escolha, separamos 9 dicas de plantas para a área externa que vão deixar o seu jardim lindo. Veja as características de cada uma e como cuidar delas. Confira!

Simulador Laredo! Clique e conheça nossos projetos

1. Espada-de-são-jorge

Essa é uma planta versátil e resistente que pode ser cultivada tanto na sombra quanto no sol. Ela é não requer muitos cuidados, sendo ideal para quem não tem muita experiência ou tempo para se dedicar ao jardim.

Trata-se de uma herbácea sem caule que possui folhas largas, consistentes e achatadas. A planta tem o crescimento lento e pode atingir até um metro de altura. Para incluir em seu jardim, basta plantar uma folha contendo um pedaço da raiz. Reserve um bom espaço para que ela possa se desenvolver.

Ela requer pouca manutenção e pode ser regada uma vez por semana. Porém, o local onde está plantada precisa ter boa drenagem. Se acumular muita água, a espada-de-são-jorge pode apodrecer na raiz e morrer.

Alguns acreditam que ela pode proteger a casa e os moradores contra mau-olhado e, para isso, o indicado é plantar logo na entrada. Mas, atenção! Esta é uma planta com alta toxicidade e oferece risco alto para animais de estimação e crianças pequenas.

2. Yuca

Uma planta muito adaptável, a yuca possui folhas macias em forma de espada. Embora seja uma espécie que se adapte em vários ambientes, ela fica mais bonita em locais com luminosidade, por isso se dá tão bem em áreas externas.

Ela não requer que seja regada com frequência. O indicado é uma vez por semana e em pouca quantidade. Caso fique com a raiz encharcada pode morrer, sendo recomendado um sistema de drenagem no solo para evitar acúmulo de água.

Se houver espaço para se desenvolver, essa planta pode atingir até seis metros de altura. Ela é capaz de produzir flores poucas vezes ao ano, na maioria das vezes no verão. As folhas acumulam sujeira com facilidade, sendo necessário limpá-las com constância.

3. Antúrio

Com uma flor exótica e chamativa, o antúrio se dá muito bem em espaços externos. Porém, não gostam de receber os raios solares diretamente, por isso opte por um local com luminosidade indireta.

A terra deve ser mantida úmida para que a planta mantenha a vivacidade.

Outro ponto importante é que o antúrio não se dá bem com temperaturas muito baixas. Por isso, em locais onde o inverno é rigoroso pode não ser uma boa ideia ter essa planta.

4. Clúsia

Tem porte de arbusto, podendo atingir seis metros de altura se não for podada. A folhagem é ornamental, apresentando folhas brilhantes e rígidas com formato de gota. Apresenta uma ótima resistência a pragas.

Como é originária do litoral, resiste a altas temperaturas. Porém, é uma planta que requer regas constantes, pois necessita de umidade para ficar bem em um jardim. Além disso, ela pode florescer durante todo o ano.

5. Crassula

Também conhecida como planta-jade, a crassula é um vegetal de crescimento muito rápido. É um tipo de suculenta e não necessita de muita água, mas requer bastante luminosidade. O solo tem que ser drenado, pois se acumular água na raiz a planta pode morrer.

A crassula pode atingir um metro de altura e, no inverno e primavera, produz flores rosas e brancas. A planta possui ramos e caules curtos, retorcidos e folhas carnudas.

6. Cica

A cica, ou sagu, é um arbusto. Esta é uma das plantas mais antigas do mundo. Possui folhas rígidas, longas e brilhantes sendo bastante flexível e resistente. É uma planta que se dá bem no sol ou meia sombra, mas nunca em sombra completa.

A planta tem exemplares machos e fêmeas separados. A cica fêmea produz dezenas de sementes em seu miolo. Já o exemplar macho possui um cone cilíndrico alongado, muito visitado por abelhas por ter bastante pólen.

É uma planta que gosta de locais ventilados e não se dá bem com muita umidade. Por isso, a rega deve ser espaçada para não deixar o solo encharcado. Evite molhar as folhas, regando apenas a base e a terra ao redor.

Acerte na decoração! Clique aqui e baixe o e-book

7. Dasilírio

É uma planta nativa do norte do México, nas áreas desertas. Por isso, resiste a temperaturas extremas e fica bem em locais com muita incidência de raios solares e altas temperaturas. Não pode ser regada com muita frequência, devendo ter apenas o solo umedecido uma vez por semana.

Pode atingir três metros de altura e é considerada uma planta rústica, que requer pouca manutenção. Tem hastes serrilhadas que podem machucar. Por isso, deve-se ter cuidado em locais com crianças.

8. Moreia

Resiste bem tanto ao frio quanto ao calor, sendo bastante usada em projetos de paisagismo. É uma planta que não atinge muita altura, tendo no máximo 40 centímetros. Mas tem grande volume, com folhas longas e finas. Ela dá flores brancas ou amarelas em várias épocas do ano.

O local do plantio precisa ser espaçoso, pois os tufos têm raízes profundas e precisam de distância umas das outras para crescerem. Elas não devem ser podadas nas pontas ou em seu comprimento. Quando houver folhas secas, retire pela base para remover.

9. Cactos

Existem vários cactos de tamanhos e tipos distintos que podem deixar o seu jardim bem diversificado. É uma planta muito fácil de ser cuidada, pois aguenta exposição prolongada aos raios solares.

Além disso, precisa de pouca água e pode ficar até dez dias sem ser regada. Se receber muitas regas ela pode morrer. Os cactos ainda têm a facilidade de não precisarem de podas.

Como você viu, existem muitas opções. Sabendo usar as espécies adequadas, o espaço só tem a ganhar ficando muito mais agradável. Agora que você já sabe como incluir o verde na decoração, compartilhe o nosso artigo nas redes sociais e ajude seus amigos a escolherem as plantas para a área externa.