Confira 10 dicas de decoração de quarto infantil e inspire-se!

Confira 10 dicas de decoração de quarto infantil e inspire-se!

Com o anúncio da chegada de um filho ou filha, muitas famílias se empolgam e acabam investindo alto na transformação do cômodo. Porém, conforme o tempo passa — e como passa! —, o layout dos sonhos idealizado para o bebê deixa de servir. Móveis pequenos e uma atmosfera de “criancinha” estão entre as principais queixas ouvidas pelos pais.

Para acabar com as reclamações e garantir que o espaço seja usado por muito tempo, este post traz 10 sugestões para acertar na decoração de quarto infantil. Acompanhe! 

 

O que considerar em uma decoração de quarto infantil?

Como em qualquer projeto de interiores, o primeiro ponto a ser considerado é a localização do imóvel — especialmente, no que diz respeito ao clima, seguido do estilo de vida da criança e sua faixa etária. Veja só!

Localização do imóvel

Em regiões mais frias, pode ser necessário investir em revestimentos que proporcionem melhor conforto térmico, como os pisos vinílicos. Por outro lado, em localidades quentes, o uso de um ventilador de teto torna-se indispensável.

A incidência da insolação também deve ser analisada, pois implica na aplicação de persianas com filtro anti-UV, essenciais para que a mobília não fique com aparência desbotada.

Estilo de vida

O estilo de vida da criança serve para orientar os pais na escolha dos objetos, como móveis, roupas de cama, tapetes e demais acessórios.

Uma criança fã de esportes, por exemplo, certamente apreciaria trazer os elementos deste universo para o seu quarto. Outra que goste de ler adoraria ter seu cantinho de leitura.

Já aquelas mais dadas às artes manuais, por sua vez, aproveitariam uma bancada com função de ateliê. Como as possibilidades são muitas, na dúvida pergunte ao maior interessado.

Faixa etária

Por fim, a decoração de quarto infantil deve ser orientada pela faixa etária, principalmente por conta da ergonomia dos móveis. Ainda assim, como as crianças crescem rápido, é preciso encontrar um meio termo — ou seja, nada pode ficar com acesso muito alto nem muito baixo.

Assim, cada filho tem o direito de curtir seu quarto como um lugar personalizado, transformando-o em um verdadeiro refúgio, tanto para os momentos de descanso como para as horas de brincadeiras.

Como acertar na decoração de um quarto infantil?

Para não errar, siga a regra do equilíbrio: se optar por um móvel com design diferenciado, como uma cama temática, os demais devem ser mais neutros e tradicionais.

Por outro lado, se utilizar uma marcenaria clássica, invista em acessórios (como jogos de cama, quadros e objetos decorativos) marcantes. Veja nossas 10 sugestões.

1. Camas temáticas

Camas em formatos diferenciados, como carros possantes, barcos à vela, naves espaciais, castelos e cabanas, entre outros, costumam agradar os mais novos, mas necessitam ser trocadas em poucos anos.

2. Beliches com escorregador

Ideais para receber os colegas, ainda servem de brinquedo e ajudam a tirar as crianças da frente da televisão e do videogame. Em dias chuvosos, por exemplo, elas poderão gastar energia dentro do quarto.

3. Estantes dobráveis

Além de servirem para organizar materiais escolares e manter a bagunça escondida, elas costumam conter uma prática mesa embutida. Esta pode ser aberta apenas na hora da lição de casa, liberando o espaço para brincadeiras no restante do dia.

4. Paredes coloridas

Apesar da preferência das crianças por tons marcantes (azul, verde, amarelo, vermelho e preto — muitas vezes inspirados nas camisas de seus times do coração), sua aplicação deixa o ambiente cansativo.

Prefira variantes neutras e suaves, reservando as cores mais intensas para os acessórios. Se o pequeno insistir, deixe que escolha alguns pôsteres para que ele mesmo decore as paredes. Assim, ao enjoar, basta retirá-los com cuidado, sem danificar a pintura.

5. Acessórios variados

Bonecos de personagens, coleções de bichinhos de estimação, estandartes de times e uma infinidade de bolas e acessórios esportivos costumam fazer parte do universo de crianças maiores.

Para decorar o quarto, eles podem ficar expostos em nichos e prateleiras. Uma maneira bacana de valorizá-los ainda mais é o uso de fitas de LED, que iluminam as peças sem esquentá-las.

6. Camas suspensas

São perfeitas para quartos pequenos, pois permitem montar uma escrivaninha ou uma penteadeira na parte de baixo, fazendo sucesso com meninas de todas as faixas etárias. Para completar, invista em almofadas e bichinhos de pelúcia.

7. Cabaninhas

Sucesso em festas do pijama, as cabaninhas agradam tanto que muitos pais acabam deixando-as montadas durante os finais de semana ou férias. Para completar a decoração, basta um tapete bem macio e uma iluminação com lâmpadas de pisca-pisca.

8. Cômodas especiais

Elas servem para diferentes fases das crianças, pois podem armazenar brinquedos e, futuramente, roupas. Com o uso de algumas divisórias e organizadores, também comportam relógios, pulseiras e outros acessórios.

As cômodas podem ser coloridas ou básicas — a escolha fica a critério da criança! Neste caso, técnicas de restauração de móveis simples (como envelopamento ou mesmo algumas camadas de tinta) permitirão atualizá-las facilmente.

9. Papéis de parede e adesivos

Para não sobrecarregar o ambiente, escolha uma única parede para revestir. De preferência, a oposta à porta do quarto. Além dos papéis de parede clássicos, com temas lúdicos, as crianças adoram decorar as superfícies colando adesivos de seus filmes ou desenhos favoritos.

Não tem nenhuma parede livre? Sem problemas! Permita que seu filho ou filha decore o teto com adesivos de planetas e estrelas, os quais brilham no escuro.

10. Quadros, letreiros e espelhos

Há quadros com motivos lúdicos em tons pastel; geométricos e supercoloridos; temáticos, com personagens famosas; tipográficos, com mensagens motivacionais; entre outros modelos em alta. O uso de letreiros luminosos (com as iniciais da criança) e um mix de espelhos com molduras bem trabalhadas também costumam agradar.

Para substituir a antiga lousinha, vale a pena apostar em uma pequena parede com tinta do tipo quadro negro, onde a criança poderá desenhar ou anotar suas tarefas e compromissos semanais.

O que priorizar na hora de ir às compras?

O uso de móveis multifuncionais, como um sofá-cama, é um fator importante, pois permite que a criança desenvolva sua vida social, recebendo primos, vizinhos do condomínio ou amigos da escola para dormir na sua casa.

Peças clássicas também economizam dinheiro, pois prolongam a vida útil da decoração, uma vez que basta trocar acessórios, como roupas de cama, almofadas, quadros e objetos decorativos, para se adaptarem às próximas fases dos filhos. 

Também é legal pensar na facilidade da manutenção do cômodo. Uma alternativa interessante é o emprego de tintas laváveis nas paredes. Já para incentivar a organização desde a mais tenra idade, vale a pena disponibilizar caixas organizadoras pelo espaço.

Por fim, ainda que existam diferentes sugestões de como acertar na decoração de quarto infantil, a melhor maneira é considerar e respeitar o gosto, a personalidade e os hábitos de cada criança.

Se você gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro das melhores dicas sobre construção e decoração, aproveite para curtir a nossa página no Facebook!

Posts relacionados