loteamento aberto e fechado

Qual a diferença de loteamento aberto e fechado? Entenda!

Com a imensa valorização do setor imobiliário nos últimos anos no Brasil, muitas pessoas buscam formas diferentes de entrar nesse mercado, especialmente investindo na construção de propriedades. Se esse é o seu caso, entender qual a diferença entre loteamento aberto e fechado pode ser muito importante.

Essas são alternativas que têm muitas similaridades, mas com alguns pontos distintos, que podem fazer com que você tenha bem mais inclinação a direcionar o seu investimento para uma dessas opções. Confira o conteúdo que preparamos e descubra como fazer a melhor escolha!

Saiba a importância de pesquisar o mercado

Para investir no mercado imobiliário, é muito importante aprender um pouco mais sobre o segmento como um todo. Assim, é preciso buscar informações sobre como funciona o setor, uma vez que isso pode trazer mais segurança e valorização para o dinheiro aplicado. Felizmente, nos dias de hoje, a tecnologia facilita bastante essa tarefa.

Usando a internet, você tem a chance de acessar uma série de conteúdos interessantes, como blogs especializados, fóruns de discussão e sites oficiais de profissionais do ramo. Eles poderão mostrar caminhos mais adequados para o seu perfil e explicar alguns detalhes, como a diferença entre loteamento aberto e fechado.

Conheça as características de um loteamento aberto

Os loteamentos abertos são uma opção que está em alta no mercado imobiliário brasileiro atual. Nesse tipo de empreendimento, os compradores adquirem apenas o terreno autônomo, que é o real objeto de sua compra. Ou seja, as áreas comuns continuam sendo totalmente públicas e sob a administração da prefeitura da cidade.

Sendo assim, qualquer obra ou alteração, ainda que seja para fazer melhorias, precisa ser solicitada e é realizada somente pelo poder público, de acordo com as normas e com a legislação vigente. Muita gente faz essa confusão com os loteamentos fechados, pois, nesse caso, os espaços internos são privados e geridos pelos próprios moradores.

Entenda as características de um loteamento fechado

Os loteamentos fechados são o princípio do que conhecemos como os badalados condomínios residenciais, objeto de desejo de muitas pessoas nos dias de hoje. Neles, um comprador adquire o terreno para construir ou, até mesmo, uma casa pronta, mas ele também se torna parcialmente dono dos outros espaços internos na área onde ele se localiza.

Isso quer dizer que as áreas comuns devem ser administradas pelos próprios moradores ou pelos seus representantes eleitos, sendo um ambiente particular e de acesso restrito para terceiros. As melhorias ou alterações são feitas com recursos particulares e precisam ser aprovadas por maioria, geralmente em uma assembleia geral.

Descubra as diferenças entre loteamento aberto e fechado

Legislação específica

Os loteamentos abertos e fechados têm diferenças bem significativas em termos de legislação. Os loteamentos abertos, por exemplo, são classificados como uma gleba de lotes edificáveis, nos quais as vias permanecem sendo públicas e devem estar abertas para a população.

Já os loteamentos fechados, tenham eles finalidades residenciais ou comerciais, são áreas particulares, nas quais a manutenção e a administração dos espaços internos deve ficar sob responsabilidade dos moradores. Todas as decisões devem ser tomadas em assembleia, de acordo com as necessidades, demandas, expectativas e anseios dos proprietários.

Áreas privativas ou comuns

Nos loteamentos fechados, a grande diferença se dá porque, quando a pessoa adquire um terreno nesse tipo de empreendimento, também compra, automaticamente, uma fração ideal da área comum. Além disso, nesses locais, é permitido fazer o controle de acesso com portaria, impedindo a entrada de pessoas não autorizadas.

Já no caso de um loteamento aberto, o próprio projeto é diferente e os compradores só têm direitos exclusivos sobre os seus próprios lotes, uma vez que a administração ainda é da prefeitura local e o acesso deve ser livre para a população. Pode até haver controle de circulação para não residentes, mas todos podem entrar ao apresentar os documentos.

Taxas de manutenção

Outra importante diferença entre loteamento aberto e fechado é quanto às taxas devidas e a manutenção. Ainda nos dias de hoje, esse é um tema que causa bastante controvérsia. Nos empreendimentos abertos, por exemplo, não há previsão de uma cobrança do tipo, mas nada impede que seja criada uma associação de moradores, por exemplo.

Já no loteamento fechado, a nossa lei já prevê a cobrança da taxa mensal, como podemos ver nos condomínios horizontais. O pagamento é obrigatório e, em casos de inadimplência, várias sanções podem ser impostas, como multas ou cobranças judiciais.

Veja o que deve considerar ao comprar um loteamento

Seu próprio estilo de vida

O primeiro passo para ponderar sobre a compra de um lote em um empreendimento residencial é o seu próprio estilo de vida. Pessoas que têm mais dificuldades de aceitar regras, por exemplo, podem preferir os loteamentos abertos, por conterem menos normas e por não haver a necessidade de participação em assembleias e votações.

Os níveis de criminalidade

Você mora em um grande centro urbano, no qual a preocupação com a violência é constante? Embora os níveis de segurança costumem ser melhores, tanto nos loteamentos abertos quanto fechados, o fato é que os condomínios privados são mais tranquilos para quem tem filhos, sobretudo por conta do controle de acesso na portaria.

O orçamento disponível

Independentemente da sua aquisição, analisar o orçamento disponível é importante. Obter um lote é algo vantajoso do ponto de vista financeiro, visto que você poderá construir aos poucos e edificar o imóvel em sintonia com os seus anseios e demandas. Sendo assim, avalie bem os seus recursos para fazer uma excelente compra.

Como você pôde ver ao longo deste conteúdo, mesmo havendo alguma diferença entre um loteamento aberto e fechado, ambos apresentam vantagens bastante interessantes e são um investimento incrível. O importante é que, ao decidir, você tenha calma e avalie adequadamente as suas atuais necessidades antes de optar pelo mais indicado para seu perfil.

Gostou de aprender um pouco mais sobre a diferença entre loteamento aberto e fechado? Quer receber outros conteúdos interessantes como este sobre o mercado de imóveis em primeira mão? Então, não perca mais tempo e assine, de forma gratuita, a nossa newsletter!