Como montar um espaço de meditação em sua casa?

Como montar um espaço de meditação em sua casa?

Ninguém tem tempo para nada: é muita correria para dar conta dos compromissos, bombardeio de informações vindas de todo lado, sem contar o estresse que vai minando as energias de qualquer um. Mas saiba que é preciso parar e respirar fundo, nem que por alguns minutos. Seu corpo e mente agradecem!

Para isso, é preciso criar um cantinho, um espaço de meditação em sua casa mesmo, em um cômodo, no jardim ou até mesmo no quintal, para que você “desligue” por um momento e dê atenção para a sua mente.

Acompanhe este artigo e veja os benefícios que a meditação pode proporcionar, além do passo a passo para criar esse ambiente de tranquilidade!

Saiba por que é importante meditar

Na meditação, você volta a sua atenção para si mesmo, reduzindo, aos poucos, a atividade cerebral. É um estado de total relaxamento.

Com a técnica, o organismo consegue recarregar as energias e trabalhar melhor com questões estressantes, tão presentes na vida contemporânea.

Pesquisa científica da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou o poder da meditação sobre o nosso corpo: durante a prática, a enzima telomerase, que atua junto ao sistema imunológico promovendo a longevidade das células, tem sua ação intensificada.

Meditar traz benefícios para o corpo e a mente, tais como:

  • melhora na atenção;
  • diminuição de emoções e pensamentos negativos;
  • redução do estresse;
  • autoconhecimento;
  • motivação;
  • sensação de prazer;
  • redução da ansiedade;
  • diminuição da insônia;
  • melhora da autoestima;
  • redução da pressão arterial;
  • fortalecimento da imunidade;
  • melhora do humor;
  • aumento da criatividade.

Para enfrentar a correria do cotidiano, é importante parar e cuidar do corpo e da mente diariamente, nem que seja por alguns minutos. E, antes de pensar que não consegue meditar por ser uma pessoa muito agitada, saiba que tudo é questão de treino.

Procure se concentrar na respiração ou em algum mantra e esqueça os problemas. É um tempo para você!

O que pode ajudá-lo a entrar nesse processo de relaxamento é montar um cantinho para a prática da meditação. Quer saber como? Confira o próximo tópico!

Aprenda a criar um espaço de meditação

Escolha um local na sua casa um pouco isolado, que não haja barulho ou circulação de pessoas, para que você consiga, de fato, relaxar.

Pode ser um espaço de um cômodo como o seu quarto, a varanda ou até mesmo em um cantinho do jardim. Não é preciso um local amplo, apenas que caiba você sentado com conforto. O objetivo é estar em paz!

Acompanhe, abaixo, como montar esse ambiente de meditação:

1. Luminosidade

Se a ideia é montar o canto da meditação dentro de casa, procure um espaço que entre luz natural. Isso ajuda a relaxar.

Mas é claro que você pode meditar a qualquer hora do dia. Se for à noite, utilize velas ou luminárias com luz suave.

2. Organização

O seu espaço deve estar limpo e organizado. Um ambiente malcuidado ou com coisas espalhadas não ajudam em nada o seu cérebro a se desligar; pelo contrário, promove mais agitação.

3. Som

Você pode meditar no silêncio ou escolher uma trilha sonora relaxante: pode ser uma música ou sons da natureza, como o canto dos pássaros.

O som da água corrente também traz tranquilidade para a mente. Uma fonte de água pode compor o seu cantinho zen.

4. Conforto

Se você parou a sua rotina para se concentrar em si mesmo é preciso que esteja confortável, senão, em vez de renovar as energias, vai ficar com dor nas costas.

Por isso, deixe o seu espaço aconchegante: coloque um tapete, cortinas e almofadas. Faça a decoração com objetos de cores neutras ou tonalidades que remetam à natureza.

5. Aromas

Planeje também o aroma do seu espaço. Há essências que trazem calma e ajudam a meditar. É o caso da lavanda e da camomila.

Você pode utilizar os aromatizadores de ambiente, aqueles com varetas, ou difusores de tomada para óleos essenciais.

Quem preferir, pode utilizar incensos ou o aroma das velas.

6. Plantas

Ter elementos da natureza contribui para esse momento de paz. Por isso, coloque uma planta que se adéque bem a ambientes internos, um bonsai ou um vaso de flor.

Qualquer elemento que remeta à natureza pode ajudar, como o piso ou algum móvel de madeira, e até um vaso com areia ou conchas.

7. Altar

Seja qual for a sua religião, monte um altar com a imagem de um santo, buda, orixá ou outro guia que renove a sua fé. Pode ser uma pequena mesa onde você coloca objetos de adoração.

O canto zen deve ser o seu refúgio particular, um local de aconchego e tranquilidade, mas que reflita a sua personalidade. Dessa forma, além de todos os itens que sugerimos acima, escolha algum objeto pessoal de grande apreço ou que lhe traga uma lembrança gostosa.

É preciso que você se sinta bem para que obtenha a concentração necessária para a meditação.

Mantenha o ambiente sossegado

Entretanto, de nada adianta montar um espaço com tantos detalhes se você for incomodado quando quiser relaxar.

Por isso, avise as pessoas que moram com você para não atrapalhar ou escolha horários para a meditação quando a casa estiver vazia ou quando todos já foram dormir.

Crie um ritual antes de meditar

Outra dica é esquecer o mundo exterior, por isso deixe celulares e outros eletrônicos desligados e longe do seu espaço. Assim, você não corre o risco de ser interrompido com o telefone tocando.

Se for meditar logo após o trabalho, crie um ritual para que o corpo comece a relaxar: faça uma refeição leve, tome um banho morno e só depois vá para o seu ambiente de paz.

Com o tempo, você perceberá como a meditação ajuda no seu dia a dia, trazendo mais calma, o que vai refletir nas relações pessoais e até no trabalho. A prática traz bem-estar físico e emocional, equilíbrio e, consequentemente, uma melhora na saúde em geral.

Viu como é simples montar um espaço de meditação na sua casa? É só decorar com objetos e cores que tragam tranquilidade e harmonia. Ficou entusiasmado com a ideia? Comece a planejar um cantinho como esse!

Gostou de acompanhar este artigo com dicas de bem-estar e qualidade de vida? Então, compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais!

Posts relacionados