6 vantagens do quarto montessoriano para crianças

6 vantagens do quarto montessoriano para crianças

Um ambiente desenvolvido para a criança, e não para adultos. Essa é base do pensamento para a criação de um quarto montessoriano. O método prioriza a independência, as necessidades infantis e estimula o desenvolvimento da autonomia, levando em conta a segurança dos pequenos.

Criado pela educadora italiana Maria Montessori, em 1907, é uma metodologia de ensino muito eficaz e que tem muitos adeptos. Em casa, serve como base para que a criança use a curiosidade natural para transpor limites e aprender com suas próprias experiências.

Desta forma, o ambiente é projetado pensando nos pequenos. Todas as dimensões dos móveis pensam na ergonomia das crianças, facilitando sua liberdade e o acesso aos brinquedos e roupas. O pequeno tem em seu quarto diversos elementos que o tornam independente.

Se você quer conhecer mais sobre o quarto montessoriano, este artigo vai ajudar. Veja seis vantagens de montar um espaço todo pensado no seu filho. Confira a seguir!

Simulador Laredo! Clique e conheça nossos projetos

1. Desenvolve a autonomia

O objetivo central da metodologia é estimular a autonomia. Desta forma, as crianças que crescem em um quarto Montessori se tornam mais preparadas para o futuro, com o desenvolvimento da independência desde cedo.

As crianças em um ambiente adequado, que permite a exploração livre, desenvolvem condições emocionais para confiarem mais em si mesmas. Tendo tudo ao alcance das mãos, os pequenos recorrem menos aos adultos e descobrem que são capazes de executar tarefas sozinhos.

A ideia é deixar todos os itens na altura dos olhos da criança. Por isso, os móveis devem ser próprios ao estilo, com altura menor. O mobiliário tem que ter as dimensões adequadas, pois os de tamanho normal deixam a criança vulnerável e insegura.

No quarto montessoriano o berço não tem vez. Isso porque são altos e as crianças dependem dos adultos para entrarem e saírem. A cama deve estar encostada no chão. Uma opção simples é colocar o colchão no piso, apoiado em um futon ou tatame.

O mercado já disponibiliza camas montessorianas, que são baixas, menores e próprias para a metodologia. A vantagem é que elas têm proteção lateral, evitando que a criança caia no chão durante a noite.

2. Estimula a criatividade

A criatividade é natural na infância. Porém, quando os adultos direcionam tudo que o pequeno deve fazer acabam reprimindo essa característica. Em quartos tradicionais, a criança fica mais tempo no berço e o estímulo visual é acima de sua visão.

Já no quarto montessoriano, tudo está diante dos olhos. A criança é inserida a um ambiente propício ao aprendizado espontâneo, motivado pela curiosidade. Isso vai permitir que ela amplie diversas habilidades.

É possível transformar as paredes em galerias de artes com texturas próprias aos desenhos. A decoração é feita pela própria criança e pode ser apagada e criada várias vezes.

3. Promove experiências sensoriais

O quarto montessoriano deve ser favorável ao aprendizado e à descoberta, sem que necessite de um adulto. Por isso, outra prática é instalar barras nas paredes. Isso ajuda a criança a andar sem depender de ajuda.

A criança aprende com suas experiências sensoriais. Ao ter liberdade de locomoção e tateamento experimental com todos os materiais à sua disposição, o pequeno trabalha diversas habilidades.

Por isso, o modelo atua no desenvolvimento da coordenação motora, habilidades cognitivas, testes de hipóteses por meio de confirmação e repetição. A criança tem liberdade de brincar e explorar aquilo que mais chama a atenção. Ela é protagonista do processo de aprendizado.

Inclua um espelho horizontal para auxiliar a criança a se reconhecer como indivíduo e desenvolver sua autonomia. O elemento vai estimular e permitir que seu filho possa observar as próprias expressões faciais e gestos.

Acerte na decoração! Clique aqui e baixe o e-book.

4. Ensina a ser organizado

Os armários e prateleiras também devem ser baixos, pois dão acesso à criança aos seus objetos. Ela poderá brincar da maneira que quiser, escolhendo o que mais convém.

Porém, também deve ser estimulada desde cedo a guardar tudo o que foi retirado durante a brincadeira. Da mesma maneira que ela retira, ela deve recolocar. Isso também desenvolve o senso de responsabilidade.

A metodologia orienta a não deixar muitos brinquedos disponíveis. Isso, além de manter mais organização, evita que as crianças enjoem dos objetos. A dica é fazer um rodízio, trocando os itens a cada 15 dias.

5. Cria um ambiente seguro

A dinâmica criada em um quarto montessoriano torna-o mais seguro do que o tradicional. Isso porque a ergonomia da criança é levada em conta durante a escolha do mobiliário. Não há nada alto demais que necessite que o pequeno suba em bancos e caia.

Já que a criança vai ter liberdade pra transitar e explorar o cômodo, você deve ter cuidado com algumas regras de segurança. Tampe todas as tomadas e não deixe cabos e fios no quarto. Tome cuidado, inclusive, com cordões de persianas e cortinas, que podem causar enforcamento.

Os móveis devem ter cantos arredondados e, se houver quinas, precisam ser colocados protetores de silicone. No chão, a indicação é para colocar tapete de EVA para amortecer quedas e permitir que o pequeno ande sem medo em seu quartinho.

Por ter menos objetos no ambiente, o quarto acumula menos poeira e facilita a limpeza. Isso beneficia a saúde e o bem-estar da criança.

6. Mais espaçoso e durável

Este ambiente deve conter poucos móveis para que tenha espaço que permita a livre locomoção. É um estilo de decoração minimalista. Isso significa que é um cômodo que não deve acumular objetos.

Uma opção é usar móveis que tenham mais de uma função. Por exemplo, a caixa de brinquedos pode também ser um banquinho para ser usado na mesa. Dê preferência a mobiliário feito de madeira. Além de mais duráveis, são agradáveis ao toque e ajudam a reter o calor.

Além disso, é um quarto que pode ser adaptado às diversas fases da criança apenas fazendo pequenas mudanças. Um quarto de bebê tradicional é usado por cerca de dois anos. Já o montessoriano pode ser utilizado por até cerca de oito anos. Por isso, o que é investido inicialmente tem longa durabilidade.

Existem várias opções para montar um quarto montessoriano que vai se adaptar à sua realidade para trazer comodidade ao seu filho. Se você se identifica com o estilo, vale a pena montar o quartinho com foco na criança.

Gostou de conhecer os benefícios do quarto montessoriano? Para receber mais dicas como esta, assine a nossa newsletter e leia tudo em primeira mão!

Posts relacionados