Arquitetura e Design

Paisagismo e arquitetura: por que esses conceitos devem andar juntos?

Silmara Coutinho
Escrito por Silmara Coutinho em 27/01/2021
Paisagismo e arquitetura: por que esses conceitos devem andar juntos?
Junte-se a mais de 10.542 pessoas

Receba os melhores conteúdos para quem quer construir a casa dos sonhos.

A beleza é uma característica que, no mercado imobiliário, tem muito mais valor quando está em sintonia com a praticidade. Logicamente, conseguir isso é um desafio, e algumas profissões têm como um de seus objetivos principais, fazer com que tudo caminhe junto: esse é justamente o caso do paisagismo e da arquitetura!

Muitas pessoas confundem essas áreas que, embora parecidas, não são propriamente a mesma coisa. Entretanto, para que para um projeto saia bem-feito, é necessário um esforço conjunto, bem como a união de técnicas que se completam. Continue lendo esse conteúdo e aprenda mais sobre o tema!

Villaredo

Duas tendências que sempre andam juntas

Qualquer projeto de imóvel ou mesmo de um cômodo deve incluir a avaliação de uma série de detalhes relevantes, como os limites dos espaços que serão trabalhados, os tipos de materiais recomendados para cada uso, além do maior desafio, que é criar algo que também atenda aos desejos pessoais de quem vai morar ou utilizar o local.

Ao mesmo tempo, esse panorama acaba sendo uma tremenda oportunidade para o profissional que executará a obra, pois ele precisará estar em sintonia com as questões técnicas, mas não poderá deixar de lado um objetivo muito importante, que é o de agradar ao cliente que desfrutará desse ambiente.

Nesse cenário, tanto o paisagismo quanto a arquitetura têm seus papéis, tendo em vista que os dois ramos podem (e devem) juntar forças para que o resultado final seja mais coerente e satisfatório, mesmo quando avaliado de diferentes perspectivas, proporcionando todo o equilíbrio que cada parte da propriedade precisa ter.

Enquanto o componente arquitetônico é crucial para garantir que a harmonia estética possua um perfeito casamento com as necessidades de segurança e especificidades legais, o lado paisagístico tende a ir mais para uma exploração otimizada da metragem e dos elementos visuais. Essa é, na verdade, uma relação de saudável dependência.

Conceito de paisagismo e arquitetura

Falamos brevemente sobre os porquês do paisagismo e da arquitetura serem duas tendências que andam juntas, uma vez que são complementares, mesmo que também acabem sendo bastante semelhantes. Entretanto, elas possuem as suas especificidades e diferenças sutis. Continue lendo e descubra quais são elas!

Paisagismo

Podemos definir o paisagismo como um tipo de arte que anda em sintonia com a técnica, na qual o especialista nessa área consegue promover os projetos por meio do planejamento, da gestão e da preservação de espaços livres, sejam eles urbanos ou não, de forma a gerar agradabilidade do ponto de vista estético e visual, prioritariamente.

Isso pode ser visto em áreas urbanas, casas, quintais, jardins, condomínios e em qualquer local que tenha esse tipo de preocupação com o aspecto do lugar. A ação paisagística serve, via de regra, para manter o equilíbrio das demandas, anseios e necessidades do homem, que busca uma melhor integração com as suas construções

Arquitetura

Já o conceito de arquitetura parece mais familiar para o público em geral, mas também existem muitas dúvidas sobre a área de atuação da profissão. Por definição, podemos falar que esse é o ramo que tem, como intuito básico, organizar espaços e criar ambientes para abrigar os diversos tipos de atividades humanas.

Vale ressaltar, porém, que isso é feito de uma maneira programada, que não deixa de visar também uma certa intenção plástica. É nesse contexto que o arquiteto se encontra com o paisagista, uma vez que ambos devem planejar as construções e organizar os espaços, encontrando soluções atender às necessidades humanas.

Dicas para conseguir os melhores resultados

Agora que você já pôde compreender melhor os conceitos de paisagismo e da arquitetura e observou como essas tendências possuem uma forte relação entre si, com o intuito de atender melhor às demandas do ser humano, chegou a hora de conhecer algumas dicas para ter o melhor resultado com essa integração. Veja abaixo quais são.

Conheça todas as possibilidades

O primeiro passo para conseguir os melhores resultados a partir da ação do paisagismo ou da arquitetura consiste em conhecer quais são as possibilidades que essas vertentes podem proporcionar para o imóvel ou o espaço que você deseja intervir. Porém, tenha em mente que as duas técnicas podem proporcionar mudanças significativas.

Enquanto um arquiteto pode ser mais recomendado para quem deseja fazer mudanças estruturais e mais profundas, o paisagista pode fazer com que o local mude completamente, a partir de intervenções estéticas e funcionais. O resultado fica bonito, elegante e pode criar mais proximidade com a natureza, mesmo em um centro urbano.

Faça um bom planejamento

Um passo crucial para conseguir os melhores resultados com o paisagismo e a arquitetura é fazer um bom planejamento. Afinal, você dificilmente conseguirá atingir o seu objetivo em um espaço ou imóvel se fizer isso de qualquer maneira, sem parar para analisar o contexto e tentar um maior aprofundamento do estudo.

É nesse momento que o arquiteto e/ou o paisagista definirá, a partir dos anseios do cliente e das possibilidades do local, quais são os aspectos técnicos que serão empregados nessa obra, garantindo um melhor retorno do seu dinheiro. Entram nessa análise a planta baixa, o orçamento, os materiais e as especificações de cada ambiente.

Conte com ajuda profissional

Por fim, independentemente de você optar por aplicar os conceitos de paisagismo, de arquitetura ou de ambos, contar com bons profissionais é algo imprescindível para ter sucesso nesse desafio. As duas técnicas requerem não apenas dedicação nos estudos, mas também experiência e expertise nas ações que podem ser propostas.

As grandes empresas do mercado imobiliário, sobretudo as que são especializadas nesse tipo de serviço, como as urbanizadoras, contam com especialistas gabaritados nesses segmentos, até para que os seus empreendimentos apresentem os diferenciais necessários para uma melhor qualidade de vida e funcionalidade, sem perder a estética.

Como você pôde ver, paisagismo e arquitetura devem trabalhar juntos em prol de um projeto bem elaborado, harmonizado e executado, que pode resultar em pontos bastante positivos para o imóvel e o condomínio como um todo!

Gostou de aprender mais sobre paisagismo e arquitetura? Então não deixe de fazer um comentário aqui no post!