ambientes planejados

Ambientes planejados para PETs: 5 ideias para o seu projeto

Adequar uma casa ou um apartamento para todas as necessidades e demandas de uma família é um tremendo desafio, sobretudo se você viver em um grande centro urbano brasileiro, onde os espaços são cada vez menores. Por isso, considerar montar ambientes planejados para PETs pode ser uma ideia muito interessante.

Esse tipo de projeto está ganhando espaço no mercado atual, especialmente por trazer mais conveniência e conforto não apenas para os moradores, mas para os próprios animais de estimação, que terão um local apenas para eles. Confira o conteúdo a seguir e aprenda um pouco mais sobre este assunto!

Simulador Laredo ! Clique e conheça nossos projetos

1. Avalie as necessidades do animal

O primeiro passo para montar ambientes planejados para PETs é avaliar, de maneira precisa, quais são as necessidades do seu animal de estimação. Isso é importante, sobretudo se levarmos em conta que, da mesma forma de um cão de grande porte precisa de mais área, um bichinho mais velho demanda menos escadas e obstáculos.

O lado bom dessa história é que o mercado atual proporciona um excelente número de alternativas e, com um pouco de pesquisa e criatividade, você pode criar um espaço muito bacana, que permita não apenas momentos de diversão e brincadeiras, como também o melhor para a saúde do seu companheiro.

Para os adoradores de gatos, temos uma boa notícia: na grande maioria das vezes e independentemente da raça, os felinos costumam ser bastante autônomos e adaptáveis, ficando bem até mesmo em apartamentos ou casas pequenas, o que é bastante interessante em tempos nos quais o setor imobiliário vem apostando nesse tipo de imóvel.

2. Compre produtos para distração

Não é imprescindível que você compre dezenas de brinquedinhos diferentes e caríssimos para o seu animal de estimação, mas o fato é que, até mesmo por terem personalidades amáveis e afáveis, eles gostam de se divertir com os seus donos. Sendo assim, investir em alguns produtos interessantes e de boa qualidade é muito importante.

Além dos itens básicos, como coleiras, caminhas e cobertores, você deve dar prioridade para aqueles objetos que mais encantam os pets. Cachorros, em geral, gostam de buscar bolinhas, roer ossinhos e, quando pequenos, de terem algo para morder. Nada impede também que você coloque uma roupa de cama sua para que eles se aqueçam.

Já os felinos, nesse quesito, podem demandar atenção especial. Eles precisam afiar as unhas e, para que os seus móveis não sofram, comprar um artigo exclusivo para isso, à venda nas lojas especializadas, pode ser uma boa ideia. Não se esqueça de observar a presença do selo da ANVISA, que garante a segurança e a procedência da marca.

3. Aposte na aquisição de móveis planejados

Você já deve ter ouvido falar sobre os benefícios que os móveis planejados podem trazer para um imóvel, sobretudo se a metragem disponível não for muito extensa. No entanto, o que você talvez não saiba, é que essa alternativa também existe para artigos voltados para os animais de estimação e, geralmente, produzindo um efeito similar!

Os móveis planejados para pets estão ganhando espaço no mercado e caberão perfeitamente na sua casa. O segredo é que, ao otimizar os espaços, você proporciona mais funcionalidade e dinâmica para sua família, ao mesmo tempo em que investe no bem-estar do seu animal. Atualmente, saber aproveitar cada cantinho vale ouro.

O melhor de tudo é que esses itens podem manter a harmonia com o ambiente decorativo, visto que esse mobiliário pode ser feito por encomenda, acrescentando beleza nos cômodos. Uma prateleira de livros, por exemplo, também pode funcionar como uma passarela para gatos e assim por diante. A imaginação é o limite!

4. Separe uma gaveta na lavanderia ou cozinha

Outro ponto muito importante para montar ambientes planejados para PETs é não deixar as coisas deles espalhadas pela casa. Sendo assim, separar uma gaveta na lavanderia ou na cozinha pode ser uma ótima ideia. Isso facilita a vida na hora de dar comida, por exemplo, além de deixar a casa mais arrumada e limpinha.

Artigos como coleiras, guias, petiscos, shampoos, escovas ou remédios veterinários devem ser armazenados no mesmo espaço. Se você tiver filhos pequenos, é crucial que esses itens fiquem fora do alcance deles, para prevenir acidentes. Fazendo isso, se você precisar de alguém para cuidar do pet, também será mais simples achar tudo.

No entanto, é provável que, com o passar do tempo, a quantidade de objetos, produtos e brinquedos vá aumentando em excesso, culminando em um ponto em que esse local não comportará mais tudo. Se esse for o caso, pode ser a hora de dar uma boa avaliada e ver se não chegou a hora de doar o que estiver bom e jogar fora o que for inútil.

Acerte na Decoração! Clique aqui e baixe o e-book

5. Estabeleça um espaço para cada coisa

Os animais se sentem mais seguros e felizes quando têm uma rotina definida e regras que devem seguir. Logicamente, isso deve ser feito com o máximo de racionalidade e respeitando as individualidades de cada espécie. Assim, estabelecer um espaço para as necessidades e outro, distante, para as refeições é crucial.

Normalmente, para quem vive em apartamento, o ideal é deixar o “banheiro” na área de serviço, na lavanderia ou em uma sacada. Já quem mora em cidades mais tranquilas, tem mais tempo disponível ou reside em condomínios fechados. Os passeios diários, acompanhados do saquinho plástico para a limpeza, podem ser uma escolha.

Pensando na alimentação, a água deles deve sempre estar fresca e disponível o dia todo. Uma ideia bacana é deixar mais de um pote espalhado nos cômodos. A disponibilidade da comida pode ficar a seu critério, mas é importante manter o mesmo lugar onde ele come, até para facilitar a limpeza em caso de bagunça.

Como você pôde ver ao longo deste conteúdo, montar ambientes planejados para PETs pode ser uma ideia muito bacana, especialmente se você contar com profissionais qualificados para a elaboração de um local funcional e adequado para o seu amado animal de estimação!

Gostou de aprender como montar ambientes planejados para PETs? Então deixe o seu comentário aqui no blog!

Posts relacionados