como escolher portas

6 passos sobre como escolher portas para seu imóvel!

Para criar projetos de decoração eficientes e harmônicos, conhecer os tipos de porta é algo essencial. Afinal, uma das primeiras coisas que um arquiteto define na planta de uma casa é onde vão ficar as entradas e saídas, isto é, as portas.

São esses objetos que permitem a locomoção em um espaço e integram outros cômodos presentes no projeto. Além disso, a porta tem uma função estética muito importante, já que você pode definir o estilo e o material de acordo com a sua decoração.

Diante de tantas variedades que existem no mercado, pode ser difícil escolher aquela porta que seja ideal para o seu lar, não é mesmo?

Pensando nisso, resolvemos escrever este artigo, para que você fique por dentro do assunto. Siga a leitura e conheça 6 dicas que vão ajudá-lo a entender como escolher portas para o seu imóvel!

A importância da harmonização para o imóvel

Possivelmente, você já entrou em algum espaço e sentiu uma “energia ruim”. Apesar de parecer um absurdo, a composição de um cômodo pode impactar a percepção das pessoas que o adentram.

Um ambiente agradável e harmônico é o desejo de qualquer um, seja no lar ou no ambiente de trabalho. Por exemplo, em uma empresa, os trabalhadores desejam se sentir motivados dentro do espaço que exercem suas atividades, e a composição do local é vital para isso.

Assim, ao construir uma casa, empresa ou investir em projetos de reforma para a renovação de um imóvel, é essencial ser criterioso quanto à escolha das portas, pois elas são elementos que unem funcionalidade, beleza e praticidade na decoração dos cômodos. Por conta disso, é preciso tomar para cada local uma decisão acertada e bem planejada.

Os 6 passos que devem ser seguidos ao escolher portas para um ambiente

Entendendo que as portas são itens fundamentais para a decoração de um espaço, saiba que o processo de escolha precisa levar em conta alguns critérios. Conheça 6 deles.

1. Qualidade do material

Existem diversos tipos de portas de diferentes matérias-primas no mercado. Entretanto, as mais utilizadas são as portas de aço, madeira, alumínio e PVC. Separamos os benefícios de cada uma dessas opções:

  • madeira: portas de madeira agregam elegância e beleza ao espaço, além de terem um ótimo isolamento acústico e térmico;
  • aço: portas de aço são mais fáceis de fazer manutenção e têm alta durabilidade. Essa é uma opção um pouco mais cara e normalmente precisa ser encomendada;
  • alumínio: entradas de alumínio são duráveis, de fácil manutenção, modernas e não enferrujam com facilidade.
  • PVC: esse material é o menos sofisticado. Por outro lado, é muito durável e versátil, sendo um ótimo isolante térmico e acústico, além de não sofrer com oxidação.

2. Tamanho

As portas podem ser encomendadas ou encontradas em diversos tamanhos e larguras, mas é necessário pensar em cada formato dentro do espaço.

Portas largas são ótimas para facilitar o acesso de pessoas cadeirantes ou com deficiências físicas, além de permitirem a passagem de objetos maiores para o interior do local.

A entrada de uma casa precisa ser mais larga do que as passagens presentes dentro do ambiente. No entanto, cada cômodo precisa de uma porta que se ajuste a ele. Por exemplo, uma casa com idosos ou crianças exige que as portas sejam maiores.

As larguras mais encontradas no mercado são:

  • 2,15 x 1,20 m;
  • 2,10 x 1,00 m;
  • 2,10 x 0,70 m;
  • 2,10 x 0,80 m;
  • 2,10 x 0,90 m.

3. Adequação ao ambiente

As portas devem ser escolhidas de acordo com o ambiente em que vão ser colocadas. Na entrada de uma casa, por exemplo, o indicado é apostar em portais de madeira maciça ou aço, já que são materiais resistentes e seguros.

Além disso, é necessário pensar em portas para o ambiente de entrada que suportem a ação da natureza, sejam fortes e de alta durabilidade.

Por outro lado, para ambientes internos, elas podem ser feitas de material semiocos e mais leves, mas não deixe de cuidar da aparência. Nesse caso, apliques e frisos agregam mais estilo à residência.

4. Tipo de abertura

Para acertar na escolha da sua porta, primeiramente, você deve conhecer os tipos de aberturas disponíveis no mercado. Separamos os principais modelos para evitar confusões durante a compra:

  • de abrir: são as mais tradicionais, funcionam por meio de dobradiças e têm uma boa vedação, o que possibilita o isolamento acústico e térmico;
  • pivotante: são parecidas com as portas tradicionais, mas têm no lugar das dobradiças pivôs, que são interessantes esteticamente;
  • de correr: essas portas são uma ótima opção para otimizar o ambiente, mas não têm um bom isolamento acústico ou térmico;
  • holandesa: essa opção tem abertura em duas folhas, dividindo a porta transversalmente, ideal para quem tem animais em casa e precisa controlar o acesso deles aos cômodos da residência;
  • sanfonada: a porta sanfonada dobra ao abrir, ficando contida no espaço de vão equivalente ao tamanho do batente. Essa opção economiza espaço, mas tem poucos acabamentos e não veda de forma eficiente.

5. Credibilidade do fornecedor

Após definir todos os critérios técnicos da sua porta, é hora de escolher o fornecedor mais qualificado para a produção do seu projeto.

É fundamental que você opte por fornecedores que possam atestar a qualidade de seus produtos. Uma forma de conseguir isso é exigindo dos fabricantes a certificação e o respaldo da produção do material escolhido, com o objetivo de garantir um atendimento dentro das normas.

6. Preço

Ao comprar a sua porta, é essencial estar preparado financeiramente, pois materiais muito baratos podem não entregar o resultado que você deseja para o ambiente.

Uma porta durável precisa ter qualidade, bom acabamento e menos chances de enferrujar. Por conta disso, durante a compra, não leve somente em consideração o preço, já que itens de qualidade normalmente não são as opções mais baratas.

Agora, você sabe como escolher portas para a sua residência e a importância de manter o seu espaço harmônico, tendo em mãos as melhores sugestões para garantir uma tomada de decisão mais acertada.

E aí, gostou do nosso artigo? Então, que tal curtir nossa página no Facebook e continuar por dentro de mais informações interessantes?

Powered by Rock Convert

Comentários