exercícios de baixo impacto

Conheça 8 exercícios de baixo impacto para cuidar da saúde

Que as atividades físicas promovem bem-estar e saúde você já sabe. Mas tem conhecimento que os exercícios de baixo impacto são eficazes, com menor risco de lesões, sem a necessidade do esforço extremo das articulações?

São práticas que trazem muitos benefícios para o corpo, aumentando o condicionamento físico, queimando calorias e eliminando gordura. Além disso, são benéficas para a mente, pois o corpo dissemina hormônios de felicidade durante práticas esportivas em geral.

Se você quer começar a praticar exercícios de baixo impacto, este artigo vai trazer a inspiração que faltava. Veja abaixo como incluir atividades em sua rotina para usufruir dos benefícios de uma vida ativa. Confira 8 atividades físicas de baixo impacto!

Simulador Laredo

Exercícios de baixo impacto

As atividades classificadas como sendo de alto impacto são aquelas em que há saltos e o peso corporal se multiplica na aterrissagem. Entre elas estão a ginástica olímpica, basquete, vôlei, corrida.

Já as de baixo impacto causam pouco estresse biomecânico ao corpo. O que não significa que não exijam esforço do sistema cardiorrespiratório e dos músculos. Por isso, elas têm efeitos positivos para a saúde, sem grandes riscos.

Os benefícios estão no aumento do condicionamento físico, modelagem do corpo, eliminação de gordura localizada, redução de dores, melhora na postura e na disposição. Para uma pessoa sedentária ou que já tenha problemas com articulações, os exercícios de baixo impacto são os mais indicados.

Abaixo, listamos alguns exemplos para você começar a se exercitar sem medo de lesões.

1. Natação

É uma das atividades que causa menos impacto, porque o corpo não recebe tensão na parte inferior. Exercícios na piscina são ideais para quem sofre com problemas nos tendões, joelhos ou artrite. A água permite a realização de exercícios sem peso nos ossos e ligamentos.

Durante a atividade, todos os músculos do corpo são acionados, além de fazer coração e pulmões trabalharem para bombear sangue e oxigenar o organismo. Exatamente por isso é considerada um excelente exercício cardiovascular.

2. Elíptico

O aparelho imita o movimento da corrida, mas os pés não saem dos pedais e, por isso, o corpo não sofre estresse biomecânico. Mesmo sem forçar, a atividade atua na musculatura da parte posterior da coxa, panturrilhas e braços.

É um exercício de baixo impacto que favorece coração e os pulmões, beneficiando o sistema cardiovascular. Além disso, a atividade permite aumentar a intensidade de acordo com o preparo físico que vai sendo adquirido.

3. Ciclismo

Uma atividade ótima para melhorar o condicionamento físico, fortalecer os músculos da parte inferior do corpo e ainda se divertir. Pode ser feita ao ar livre, individual ou em grupo, oferecendo uma experiência prazerosa.

Pode também ser praticada em academias em aulas de spinning. É uma maneira de se exercitar em grupo, ao ser estimulado pelo professor e incentivado pela coletividade. Os benefícios são sentidos na redução de estresse, mais resistência física e redução de estresse.

4. Remo

Essa é uma atividade de baixo impacto que consegue trabalhar várias partes do corpo ao mesmo tempo. É considerada um dos exercícios de baixo impacto mais completos de todos. Além de fortalecer a musculatura, beneficia a postura.

Ao remar, você vai precisar ficar atento à respiração e isso aumenta a oxigenação das células. O praticante ganha força e aumenta a resistência, com benefícios para o sistema cardiovascular.

5. Yoga

Quando pensamos em yoga, a primeira coisa que vem em mente é o equilíbrio interior, não é mesmo? Porém, também é uma atividade física e, além de beneficiar a parte mental, favorece bastante a saúde física.

A prática é boa para a flexibilidade, controle da respiração, fortalecimento muscular. Os exercícios ajudam a modelar o corpo e a ganhar força. Além disso, a atividade queima calorias sem forçar as articulações.

Descubra uma nova vida - Pé na areia

6. Patinação

Esse é um exercício de baixo impacto bastante divertido e que pode ser uma opção para quem quer fazer atividades prazerosas. Sem danificar a estrutura corporal, trabalha coxas, glúteos, panturrilhas. Para praticar, é preciso ficar com o corpo flexionado e os músculos são ativados a cada patinada.

Há benefícios na postura, equilíbrio e coordenação motora. Além disso, os sistemas respiratório e cardiovascular são forçados durante a atividade, favorecendo todo o organismo. É preciso usar equipamento de segurança para evitar acidentes.

7. Caminhada

O mais simples de ser inserido na rotina, mas nem por isso menos eficaz. A caminhada pode ser feita por qualquer pessoa, em qualquer idade, tanto na rua como praia, praças e na esteira. É preciso andar rápido e manter a velocidade para que seja eficaz. Mantenha a postura correta, use tênis adequados e preste atenção na respiração.

Durante a caminhada, os braços se movimentam vigorosamente e isso ajuda a melhorar a circulação sanguínea. Atua no fortalecimento e tonificação muscular, perda de peso e redução de riscos de problemas cardiovasculares. Deve ser praticada pelo menos três vezes por semana, por 40 minutos.

8. Hidroginástica

É uma atividade muito escolhida pela terceira idade, mas jovens e adultos também podem praticar e se beneficiar dela. É recomendada para pessoas com dores nas articulações, problemas nos tendões e na coluna.

É um exercício que ajuda na perda de peso e no aumento do tônus muscular. Garante também melhorias na coordenação motora, flexibilidade e prevenção de doenças cardíacas. Isso tudo preservando as articulações e proporcionando muito bem-estar.

Promoção da saúde e bem-estar

Quando introduzimos atividades físicas em nossa rotina, os ganhos são enormes e sentidos em pouco tempo. Para muito além da estética, ao sair do sedentarismo há benefícios que vão promover a qualidade de vida e a longevidade.

Procure por locais prazerosos onde possa praticar seus exercícios de baixo impacto. Há pessoas que preferem ao ar livre, como em praças e praias, outras em academia. Seja qual for sua opção, com certeza haverá ganhos.

Existem condomínios de alto padrão, como o condomínio residencial Mauí, que privilegiam as atividades físicas e o convívio social. No local, há inúmeras opções para práticas esportivas e uma conexão entre equipamentos de esporte e lazer pensada na saúde e bem-estar dos moradores.

Agora que você já viu várias alternativas de exercícios de baixo impacto, aproveite para assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá conteúdos como este para inspirar seu estilo de vida.

Posts relacionados