Vantagens da irrigação automatizada para áreas residenciais

Vantagens da irrigação automatizada para áreas residenciais

Você já pensou em investir em um projeto de irrigação automatizada? Não se engane: a tecnologia não tem nada a ver com luxo, mas, sim, com as vantagens de poder programar o horário, a frequência e a duração das regas. Tamanha precisão ajuda até o mais leigo candidato a jardineiro a acertar na quantidade de água oferecida às plantas — o que é essencial para o seu bom desenvolvimento. Assim, fica fácil ter um jardim saudável, um gramado verdejante ou uma bela horta dentro de casa!

Neste artigo, veja como os benefícios trazidos pela modernização do sistema de irrigação vão muito além da mera praticidade. Para se convencer, acompanhe o post e esclareça suas dúvidas.

O que é irrigação automatizada?

Irrigação automatizada é o uso da tecnologia para oferecer água na medida certa para as plantas, evitando que fiquem reféns dos regimes de chuvas ou dependam dos cuidados constantes e precisos dos homens.

No universo doméstico, a irrigação automatizada pode ser feita tanto com modelos mais simples, apenas com sensores de chuva enterrados no solo, como com dispositivos inteligentes, os quais detectam a umidade do terreno e calibram o irrigador, para que este não molhe além do necessário.

Os irrigadores automatizados são equipados com um painel de controle, o qual aciona as válvulas que, por sua vez, liberam a água (por meio de aspersores) pelo tempo e volume programados. Como as alturas dos emissores são ajustáveis, acompanham o crescimento das espécies.

Conheça os modelos recomendados para o lar e tire proveito de viver em uma casa com mais espaços verdes:

Irrigação por aspersão

Trata-se de um sistema de irrigação automatizada usado em áreas mais amplas, como gramados em casas de campo.

Exige um reservatório de água, além de canos, bombas de recalque e aspersores escamoteáveis, do tipo rotor ou spray. Para seguir a programação de rega à risca, também conta com um timer (cronômetro).

Irrigação por microaspersão

Esse sistema de irrigação automatizada é mais indicado para canteiros, jardineiras e jardins pequenos, implantados em áreas externas.

Funciona por meio de pequenas hastes equipadas com microaspersores, os quais são dispostos na superfície do solo.

Irrigação por gotejamento subterrâneo

A irrigação automatizada por gotejamento é especialmente indicada para jardins com espécies florais, pois os jatos d’água usados na aspersão ou mesmo na irrigação manual podem prejudicar a polinização.

A tecnologia é resistente à intrusão de raízes, pois o emissor de gotas fica, em média, a 30 cm de profundidade, enterrado no solo.

Outra vantagem é que a área umedecida se restringe ao entorno dos pontos de gotejamento, permitindo variar a oferta de água conforme o tipo de espécie.

Irrigação por gotejamento vertical

Como o nome sugere, a irrigação automatizada por gotejamento vertical é usada em paredes verdes — estejam elas em espaços gourmet, para o cultivo de ervas, ou em áreas externas, complementando o paisagismo.

Funciona assim: um cano mestre, instalado nas laterais dos jardins verticais, abastece cada fileira por meio de ramificações embutidas. Um tubo gotejador autocompensante, acoplado às conexões, garante a água na quantidade ideal.

Como é traçado um projeto de irrigação automatizada?

As exigências individuais das espécies vegetais, bem como as condições geológicas e climáticas da região, além das características de insolação, sombreamento e ventilação da residência, orientam o projeto de irrigação automatizada.

Outro fator considerado é o tempo de vida das espécies. Em cultivos recém-plantados, o sistema radicular ainda é pouco profundo, por isso a irrigação deve ter menor volume e maior frequência. Em hortas adultas, em média, a disponibilidade de água deve ser de 2 a 4 l/m², uma ou duas vezes ao dia.

Além de ser maior nos períodos de desenvolvimento, a demanda hídrica aumenta após as podas e no início das épocas de frutificação. Nos demais períodos, tende a diminuir.

Tudo isso é levado em conta na hora de programar o sistema de irrigação. Cruzando as informações, é possível criar diferentes hidrozonas, inclusive dentro de um mesmo terreno.

Assim, define-se onde molhar mais, onde menos e até onde não molhar — afinal, os moradores têm o direito de ir e vir sem correr o risco de levarem um banho em um momento inoportuno.

Quais são as vantagens da irrigação automatizada em residências?

A quantidade correta de água funciona como o combustível para a fotossíntese, entre outros mecanismos necessários à vida das plantas. Por isso, se quiser que fiquem saudáveis, é importante ofertá-la no volume e na frequência exigidos por espécie.

Com o dia a dia corrido e as mudanças climáticas constantes, contar com o auxílio de um sistema inteligente ajuda a cuidar bem dos recursos paisagísticos. Em caso de ausência por longos períodos, como em viagens, a eficácia é a mesma.

Mas o investimento em um projeto de irrigação automatizada traz ainda outras vantagens: graças à melhor distribuição da água, ele economiza o precioso recurso hídrico. Com o fim dos desperdícios, a conta de água é imediatamente reduzida.

E mais: para que o projeto se torne ainda mais econômico e sustentável, pode-se desenhá-lo de modo que consiga aproveitar a chuva, coletada por meio de cisternas verticais instaladas junto às calhas dos telhados.

Por fim, a boa notícia é que é possível instalar um sistema de irrigação automatizada em jardins, gramados e hortas já existentes. Trata-se de uma prática comum quando os moradores percebem os cuidados que os espaços verdes demandam.

A melhor prova de que a irrigação automática realmente funciona são as plantas saudáveis, mas, se quiser se certificar, coloque o dedo na terra e observe: se estiver seca, é preciso aumentar a oferta de água; se estiver encharcada, basta reduzi-la.

De tempos em tempos, os painéis de controle, como tudo na casa, também precisam receber manutenção, mesmo que seja apenas preventiva. O serviço especializado fica a cargo do projetista responsável.

Agora que você conhece as vantagens do sistema, independentemente de ter um jardim amplo ou uma pequena horta, peça para um especialista elaborar um projeto de irrigação automatizada para sua residência. Analise o custo-benefício e veja se a solução atende às suas necessidades.

Para receber informações sobre outras maneiras de otimizar o lar e facilitar o dia a dia, assine nossa newsletter!

Posts relacionados