sustentabilidade

Sustentabilidade: como aproveitar a água da chuva na sua casa?

A sustentabilidade é um assunto muito discutido atualmente. Por mais que tenha sido tardia a nossa percepção de finitude dos recursos naturais, pessoas e empresas estão se conscientizando e têm se comprometido a tomar atitudes sustentáveis.

Diante da crise hídrica que vem sendo observada, é interessante aprender, entre outras coisas, como aproveitar a água da chuva. Afinal, ao mesmo tempo em que fazemos racionamento hídrico nas cidades, desperdiçamos toda a água pluvial que poderia ser utilizada para inúmeras funções.

Mas isso não precisa partir apenas dos grandes empreendimentos e das empresas: também é possível tomar tal tipo de cuidado na sua casa. Dessa forma, você reduz seu consumo e, ainda, ajuda o meio ambiente.

A seguir, vamos mostrar como você pode aproveitar a água da chuva, fazendo um sistema de captação caseiro, sustentável e econômico. Confira!

Maui Residence casa em condomínio fechado

Captando água das chuvas em casa

A água pluvial é aproveitada em muitos empreendimentos no Brasil. Felizmente, esse sistema tem se tornado cada vez mais frequente e é uma excelente forma de racionalizar o consumo de água, prolongando seu ciclo natural.

Inicialmente, vale ressaltar que, por mais que a água das chuvas possa ser limpa, ela não é potável. Por isso, seja qual for seu sistema de captação e filtragem, não é recomendado usá-la para beber, cozinhar ou lavar-se.

Calhas ou cisternas

Uma das formas de captar a água é por meio de calhas, que são ideais para quem mora em casa. Se você está pensando em construir ou tem uma construção em andamento, esse é o momento ideal para instruir a equipe de obras a instalar calhas e construir uma minicisterna.

Caso não queira construí-la, um produto interessante é a Cisterna Slim Aparente. Ela é feita em polietileno rotomoldado, que repele o mosquito da dengue e protege contra raios ultravioletas.

Não há a necessidade de obras e o item não ocupa muito espaço, podendo ficar na calçada ou mesmo atrás da casa. Basta conectar a cisterna às calhas para aproveitar as águas pluviais.

Ter uma cisterna em casa ajudará não somente sua família, que vai economizar com o consumo de água, mas também toda a sociedade, à medida que diminui a quantidade de água que vai para as ruas e ajuda a prevenir enchentes ou cheias. Ou seja: quanto mais casas tiverem esse sistema, melhor é para a cidade.

Sistema de captação

Uma opção mais fácil para quem não quer uma cisterna é preparar um sistema simples de captação, usando baldes ou garrafas na área externa para o acúmulo de água no período de chuvas. Caso faça essa escolha, fique muito atento para não deixar a água parada e criar um foco de dengue.

Use os produtos necessários para a eliminação do mosquito e, enquanto não chove, mantenha os reservatórios tampados.

Entendendo o funcionamento da cisterna

Após captar a água da forma correta, existe todo um processo para que ela possa ser reaproveitada. Primeiramente, é necessário entender alguns aspectos da cisterna para visualizar seu funcionamento.

Ela é composta por dois reservatórios para armazenagem de água (um superior e outro subterrâneo). Há uma tubulação que sai das calhas e vai para o subsolo, onde se conecta com várias outras partes do sistema, como o filtro e a bomba, para depois ser distribuída pela casa.

No passo a passo abaixo, você vai entender como funciona cada etapa desse processo de reaproveitamento da água:

  1. a água desce pelas calhas e vai para um cano que passa por baixo da terra;
  2. em seguida, ela segue para um filtro, onde serão retiradas várias impurezas (lembrando que isso não tornará a água própria para o consumo humano);
  3. do filtro, a água parte para um reservatório subterrâneo, sendo que sua movimentação é toda feita por um motor;
  4. no telhado da sua casa, deve haver o reservatório superior de água potável e, também, o de água pluvial;
  5. no reservatório de água das chuvas, existirá uma boia elétrica para verificar o nível de água;
  6. se o nível estiver baixo, a boia aciona uma bomba, que envia água do reservatório subterrâneo para o superior;
  7. a água segue pela tubulação e chega aos vasos sanitários, às máquinas de lavar, aos regadores automáticos e às torneiras externas.
 

Utilizando a água da chuva

Agora que você já sabe como acumular a água da chuva e entendeu como ela é reaproveitada, vejamos algumas opções de uso. Como dissemos, mesmo que não seja necessariamente suja, a água pluvial não é potável e não deve ser consumida ou utilizada para tomar banho ou lavar as mãos.

Limpeza de carros

Lavar os carros gasta muita água, principalmente se mangueiras forem usadas. Você pode, portanto, aproveitar a água acumulada em sua cisterna (ou em outro sistema que tiver, como garrafas e baldes) para fazer a limpeza, preferindo sempre colocá-la em recipientes para reduzir o gasto.

Se preferir levar o veículo a um lava a jato, saiba que o gasto de água na lavagem é altíssimo, porém vários lugares também aproveitam a água da chuva. Vale a pena informar-se com os funcionários para saber se o que você frequenta também é sustentável.

Irrigação

Caso você tenha um jardim em casa, um gramado, uma horta e mesmo vasos de plantas ou flores na parte interna ou externa, pode também usar a água das chuvas para irrigá-los. É possível adotar regadores ou, ainda, construir um sistema de irrigação que seja conectado às cisternas para automatizar o processo.

Lavagem de roupas

Vale lembrar que o consumo de água de uma máquina de lavar também é bem alto. Mas, se você tiver um sistema de captação de água das chuvas, pode usá-la para lavar as roupas e abastecer o aparelho, seja de forma manual ou criando uma tubulação específica.

Limpeza da casa

Como vimos, você pode lavar os carros com a água das chuvas, mas a verdade é que é possível limpar quase tudo com o líquido acumulado. Aproveite-a nos pisos, nos móveis e nas paredes, por exemplo. Evite somente usar a água pluvial em louças, mesas e tudo aquilo que possa ter contato com o que vai comer ou beber.

Piscina

Se você tiver uma piscina em casa, pode usar a água das chuvas para preencher até ⅓ do seu volume. Isso representará uma grande economia no seu consumo.

Como vimos, o aproveitamento de água pluvial pode trazer uma excelente economia ao consumo de sua família, beneficiando o meio ambiente e, ainda, auxiliando a cidade na prevenção de enchentes e cheias. Vale lembrar que não é difícil fazer isso, já que você pode construir (ou comprar) uma cisterna ou mesmo um sistema simples de captação. 

E então, aprendeu a aproveitar a água da chuva e tornar seu espaço sustentável? Que tal, agora, saber mais sobre a energia solar para casas?

Posts relacionados