Como construtoras têm usado a criatividade para lidar com clientes ainda mais exigentes?

Como construtoras têm usado a criatividade para lidar com clientes ainda mais exigentes?

Satisfação total ou nada feito. Essa é a busca de cada vez mais consumidores, principalmente no que se refere à escolha da moradia e garantir seu estilo de vida. Compreensível, já que muitos — como você — trabalham com afinco para garantir e aumentar o próprio status e o de sua família.

Mesmo que no seu edifício você tenha acesso a diversas comodidades, já percebeu que precisa de mais qualidade de vida, espaço e privacidade para viver de forma confortável. Fora isso, já anda cansado do estresse das grandes cidades.

As construtoras já perceberam esse nicho de mercado e vêm trabalhando com criatividade para lidar com clientes exigentes e oferecer apenas o melhor. Os novos empreendimentos do setor de alto padrão chegam aos consumidores com uma enorme variedade de possibilidades de lazer e conforto, sem abrir mão da segurança dos condôminos.

Ficou curioso e deseja saber o que vem sendo feito para conquistá-lo? Continue a leitura e descubra!

O novo perfil de consumidor

Saber lidar com clientes exigentes vem se tornando uma necessidade para as empresas que prezam pela qualidade. Com um acesso cada vez maior às novidades e tendências, o consumidor de hoje já não se contenta mais com o básico ou com aquilo que todo mundo tem. Ele busca a excelência em cada jornada de compra e o maior nível de personalização possível, uma resposta exata às suas questões.

Na hora de construir a sua casa, as pessoas procuram na internet várias referências para definir quais os seus desejos e necessidades, seja no design, estilo ou na decoração de cada ambiente.

As construtoras, percebendo a necessidade de resposta a esse novo perfil de público, vêm trabalhando com afinco no desenvolvimento de soluções para atender a demanda. Os grandes prédios cheios de apartamentos vêm dando lugar a outros tipos de empreendimento, como os condomínios horizontais fechados, que aliam três dos maiores anseios dessa clientela: segurança, conforto e exclusividade.

Além disso, essas empresas também perceberam a necessidade da liberdade na hora de construir: em vez de oferecer unidades prontas — todas praticamente iguais —, a nova proposta é oferecer grandes lotes, permitindo que cada família possa usar o espaço como achar melhor. Inclusive àqueles que sempre sonharam em ter uma casa sustentável, mas não encontravam um terreno em um empreendimento com infraestrutura de alta qualidade e transformá-lo em realidade.

A busca por uma vida mais confortável e tranquila

Só que não adianta apenas estabelecer como foco a estrutura do empreendimento ou oferecer liberdade para construir uma casa. Ao lidar com clientes exigentes, é preciso entender a fundo quais os anseios e preocupações que o levam a querer uma casa nova.

A segurança costuma ser o aspecto principal. Quem mora nas grandes cidades já percebeu como a violência vem aumentando. Assaltos, roubos, sequestros, infelizmente, passaram a ser parte das preocupações cotidianas, tolhendo o direito básico de ir e vir. Impossível não ficar preocupado o tempo todo, seja com os filhos, esposa, marido, consigo mesmo e com seu patrimônio.

Só que, ao mesmo tempo que se busca tranquilidade, muitas pessoas sabem que não podem abrir mão da vida na capital e buscam por uma solução que esteja próxima o suficiente para poder ir e voltar do escritório–escola–centros comerciais sem grandes deslocamentos e longe o bastante do estresse.

A solução das construtoras é buscar áreas de expansão urbana, a poucos quilômetros do burburinho, porém que ainda não foram degradadas. Muitas vezes à beira-mar, elas permitem uma vida mais saudável e agradável para toda a família.

A pesquisa para oferecer luxo e exclusividade

Só que não basta escolher uma boa região e fazer um loteamento para garantir um condomínio de alto padrão, pronto a atender as exigências dos consumidores. É preciso investir em pesquisa e desenvolvimento de soluções sob medida para esse perfil de cliente.

O que leva uma pessoa a querer sair de seu apartamento e procurar uma casa? Já falamos acima sobre a questão da segurança, contudo, existem outras que pesam na hora de decidir pela mudança.

Silêncio e privacidade são grandes benefícios de se morar nos condomínios horizontais. Nada mais de ser acordado ou irritado pelo barulho do vizinho arrastando uma cadeira ou do choro do bebê ultrapassando as finas paredes dos prédios.

Você também não precisa mais se preocupar com as vozes dos convidados ao recebê-los para um jantar após as 22h, com a fumaça da churrasqueira na varanda se espalhando por toda a casa em minutos (deixando tudo com cheiro de fumaça) ou andar nas pontas dos pés quando chegar tarde.

Ao ter uma residência que não seja colada em outras e mais espaço para criar áreas privativas de lazer e convivência, você conquista uma independência e passa a viver a sua vida sem incomodar ou ser incomodado pelos vizinhos, prezando pelo bom convívio social.

O investimento em segurança

Outro ponto negativo dos prédios é que, por mais seguro que ele pareça, ainda assim está dentro da zona de perigo. Bandidos e quadrilhas estão cada vez mais especializados e buscam sempre novas formas de entrar nos condomínios na cidade. Isso porque lá fica muito mais difícil criar uma estrutura que impeça a sua entrada.

Muitas vezes, o portão da garagem é controlado pelos próprios moradores que, ao entrar e sair do prédio de carro, aumentam a vulnerabilidade do condomínio, já que os ladrões podem fazer a abordagem nesse momento.

Nas áreas de expansão urbana é possível ter uma maior segurança, delimitando o condomínio com muros muito altos, com câmeras e cercas eletrificadas. A entrada e saída é feita apenas por uma entrada, com cancelas e monitoramento 24 horas. Essa é uma forma muito eficiente para controlar o acesso às casas. Fora isso, há também o controle dentro do condomínio, com um circuito fechado de TV e em alguns casos um sistema de controle biométrico (por meio da identificação por digitais, por exemplo).

Também é preciso mencionar que ao sair da capital, a distância física imposta também diminui o contato com a violência. Ladrões costumam preferir lugares com maiores chances de se misturar ou se esconder.

O lazer como foco irresistível

Condomínios antigos, mesmo no segmento de luxo, ofereciam o básico para seus moradores: ruas pavimentadas, rede elétrica e de esgoto, iluminação e uma pracinha (com alguns brinquedos).

Enquanto isso, os empreendimentos de luxo na capital tentaram cada vez mais suprir as necessidades do público, com estrutura cada vez mais especializada. Não é incomum encontrar edifícios com piscina aquecida, academia, espaços voltados às crianças e jovens, até mesmo um serviço concierge para resolver pequenas tarefas do cotidiano.

Por isso, muitas pessoas ainda ficavam com o pé atrás de optar por sair do conforto dos centros urbanos para outro bairro ou cidade, mesmo que dentro da região metropolitana.

Os novos empreendimentos mudaram totalmente o seu conceito, trazendo nível de lazer e áreas comuns dos condomínios de apartamentos de alto padrão de seus loteamentos. O resultado? A criação de um bairro fechado, seguro, que oferece aos condôminos praticamente tudo com que eles já sonharam. Salão de jogos, sala de cinema, restaurante, loja de conveniência, espaço para pets, brinquedoteca, além de diferentes tipos de espaços voltados às práticas esportivas (quadras, squash, tênis, academia).

A qualidade como diferenciação

Quem vai deixar a cidade não precisa mais abrir mão do seu conforto. Condomínios horizontais fechados estão prontos para lidar com clientes exigentes por conta de seus investimentos nos detalhes, que podem até não ser percebidos imediatamente, mas que transmitem uma ótima sensação aos moradores.

O cabeamento subterrâneo, por exemplo, faz uma enorme diferença. Nada de feios postes com cabos atrapalhando a vista e poluindo o visual das áreas comuns. Além disso, eles oferecem uma maior segurança e rapidez na hora de realizar reparos ou novas ligações.

Outro aspecto é o cuidado nos acabamentos, um fator determinante para indicar uma construção de alto padrão. Os materiais usados na pavimentação de ruas e calçadas precisam ser bonitos e de qualidade, bem como contar com um projeto paisagístico que dê personalidade ao ambiente e crie uma atmosfera de beleza e tranquilidade.

É lógico que existe um custo de manutenção, mas o retorno na qualidade é garantido pelo cuidado com os espaços comuns e estrutura do condomínio. Se comparado aos gastos que você teria para ter acesso a tudo que é oferecido morando em uma casa fora desses empreendimentos, ele pode inclusive representar uma economia no orçamento familiar.

Agora ficou muito mais fácil perceber como as construtoras têm se esforçado nas respostas às novas exigências dos consumidores de alto padrão, como você. O agrado está no investimento na qualidade e na variedade de seus empreendimentos, prontos a atender aos padrões de quem busca comodidade e bom gosto na hora de escolher um lugar para morar.

Esperamos que nosso artigo tenha ajudado você a entender o nível de comprometimento das empresas em lidar com clientes exigentes e oferecer o espaço ideal para o seu novo lar. Quer ter acesso a mais informações e, assim, saber como escolher, construir e decorar a casa nova? Não deixe de assinar a nossa newsletter!

Posts relacionados