construir o segundo andar

Tudo que você precisa saber antes de construir o segundo andar da sua casa!

Brigas, desconforto, aperto. Um dia você olha em volta e percebe que o espaço em casa já não é suficiente para a família viver. Construir segundo andar pode ser a solução ideal para resolver os problemas, mais barata e fácil do que se mudar.

Preparamos este artigo para mostrar que a tarefa pode ser menos complicada do que parece à primeira vista. Para tanto, basta um planejamento cuidadoso e a escolha dos profissionais corretos. Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Simulador Laredo

Por que investir num segundo andar?

A escolha do nosso lar tende a ser feita com muito cuidado. Consideramos nosso presente, nosso futuro e todos os projetos que desejamos colocar em prática: os filhos, os animais de estimação, os hobbies, as coleções de objetos, até mesmo o mobiliário que é herança de família. Afinal, o nosso lar é o lugar onde queremos passar os melhores momentos, longe do estresse do cotidiano.

Porém, mesmo os projetos de vida elaborados mais cuidadosamente sofrem alterações durante o percurso, pois as mudanças fazem parte de qualquer percurso. O desejo de ter apenas um filho, por exemplo, se multiplicou em três ou quatro crianças. A fotografia, antes um hábito esporádico, hoje virou quase uma segunda carreira. Ou, ainda, o desejo de ter um home theater tornou-se quase uma necessidade para os fins de semana preguiçosos com as crianças.

Os motivos são muitos e variam de acordo com a sua realidade. Mas o fato é que o espaço dentro de casa já não é suficiente para todos os habitantes viverem em plena harmonia. É possível que você considere uma mudança como primeira alternativa. Porém, ao olhar as ofertas no mercado imobiliário da sua região, você percebe que não vai achar uma casa como a sua, automatizada, em um condomínio com uma estrutura tão boa quanto a que você já tem onde mora.

Pensar em construir uma nova casa do zero, como você fez quando escolheu o lote para a sua residência atual, não parece uma proposta viável para o seu momento de vida atual. Além de demorado, é um processo que demanda grandes recursos financeiros. Você já tem a casa ideal; ela só ficou um pouco pequena.

Então, você passa a estudar possibilidades para o seu próprio terreno, procurando um espaço livre disponível para uma reforma que atenda a sua necessidade. Vê a piscina, o jardim, a horta, a varanda gourmet e se dá conta de que o único espaço viável para a expansão é construir segundo andar.

É possível evitar complicações na obra?

Depois de conversar com o seu (sua) parceiro (a), vocês tomaram a decisão de seguir adiante com a reforma. O primeiro passo é o estudo de viabilidade, ou seja, avaliar as condições da estrutura existente para receber o peso de um segundo andar antes de começar o projeto.

O arquiteto e o engenheiro responsáveis pela obra original podem ser de grande ajuda na hora de responder essa pergunta. Isso porque eles conhecem todos os dados da construção, a localização de vigas, a estrutura do terreno e, em alguns casos, já deixam a casa pronta para receber a expansão.

Ter a mesma equipe para a obra pode ser igualmente interessante a fim de manter o desenho original da residência, sem que ela fique com uma “aparência de Frankenstein”, isto é, quando as adições ficam aparentes no resultado final.

O novo projeto para construir o segundo andar também deve considerar a estrutura do primeiro e se existem alterações necessárias na planta original. Afinal, você não quer ficar com uma quantidade exagerada de cômodos na nova casa.

Que tal aproveitar a oportunidade para ter o seu living integrado? Aplique o conceito aberto no primeiro andar, transformando sala e cozinha num mesmo ambiente, sem paredes ou portas.

Outro procedimento importante no planejamento da reforma é a elaboração do orçamento. Ele não só deve compreender todas as etapas da construção, como também as alterações necessárias na fachada e na casa como um todo. No caso da construção de segundo andar, pode ser necessário instalar vigas ou fazer um reforço nos alicerces.

Outros itens também fazem parte. A pintura geral das áreas externa e interna, por exemplo, serão necessárias no fim da obra. E, caso algum acabamento escolhido na construção anterior esteja fora de linha, comprometendo o resultado da planta atual, será necessário fazer a troca. Portanto, faça uma pesquisa cuidadosa e evite problemas na execução.

O que considerar antes de construir segundo andar?

Preparamos um checklist de cuidados fundamentais antes de construir segundo andar. Confira!

Número e disposição dos cômodos

Estude a quantidade de cômodos necessária na nova residência e a sua disposição nos dois andares. Quartos e suítes costumam ser colocados juntos e o novo andar pode ser o espaço perfeito para eles.

Os espaços que ficarão sem uso podem ser reaproveitados para outros propósitos (despensa, ateliê, quarto de hóspedes) ou integrados à área social. Aproveite a obra para consertar defeitos na planta original, como baixa luminosidade natural ou circulação de ar ineficiente.

Que tal já instalar um sistema de ar-condicionado central? Assim você não precisará fazer uma nova obra depois.

Alterações e reforços na estrutura

Este item será definido pelo engenheiro responsável pela reforma e não existe a possibilidade de cortar custos, sob pena de comprometer toda a estrutura da casa.

Lembre-se de que a segurança dos habitantes estará em jogo. Prefira economizar em outros itens do projeto, reaproveitando parte da mobília original em vez de comprar tudo novo, por exemplo.

Decoração e mobília

Vai aumentar o número de quartos ou a área da cozinha? Não se esqueça de pensar nos móveis essenciais para compor os ambientes, como camas, armários, cadeiras e mesas.

Porém, lembre-se de que nem tudo precisa ser trocado. A antiga cama do quarto do seu filho pode se tornar parte do espaço para hóspedes, por exemplo.

Regras do condomínio

Confira as regras do seu condomínio em relação a alterações de fachada, padrões de construção, expansões, adições ou mesmo de horário para a realização de reformas e circulação de funcionários. Desse modo, você evita problemas com a equipe de segurança e com a administração.

Não deixe de informar seus vizinhos sobre o cronograma de obras, mantendo o respeito e o bom relacionamento com quem está à sua volta.

Quais são as vantagens de ter um segundo andar?

Agora que você já sabe como construir, descubra alguns dos benefícios de ter uma casa com dois andares.

Espaço amplo

No início, falamos que conforto e aperto não caminham juntos. Ter um espaço maior para viver também faz parte da qualidade de vida. Cada filho com um quarto, cada espaço com uma função. Assim, todo mundo mantém a própria privacidade sem abrir mão dos ambientes para estar junto.

Valorização do imóvel

O tamanho do imóvel faz parte do cálculo para definir o seu valor da mesma maneira que outros aspectos como a localização e o padrão da construção. Portanto, quanto maior a área útil aproveitada, maior o seu preço em caso de revenda.

Ventilação e luminosidade

A boa circulação de ar e luminosidade são fatores que têm impacto direto na vida dos moradores, principalmente para quem mora perto da praia. Na medida certa, eles evitam a formação e proliferação de mofo além de combater bactérias nocivas à saúde. Portanto, use ambos os andares para instalar muitas janelas e aproveitar os benefícios do sol e do ar dentro de casa.

Esperamos que as nossas dicas sejam valiosas para você construir o segundo andar da sua residência. O principal objetivo foi mostrar que, com um planejamento cuidadoso, é possível evitar problemas tanto no processo das obras quanto no resultado final. Afinal, a nossa casa é lugar de ser feliz!

Ficou com alguma dúvida ou quer dividir a sua experiência conosco? Use a área de comentários abaixo!